close
logorovivo2

DIREITO DE RESPOSTA EXTRAJUDICIAL - GEBRIM ABDALA AUGUSTO DOS SANTOS

DIREITO DE RESPOSTA EXTRAJUDICIAL - GEBRIM ABDALA AUGUSTO DOS SANTOS

DA REDAÇÃO

7 de Janeiro de 2011 às 16:04

DIREITO DE RESPOSTA EXTRAJUDICIAL - GEBRIM ABDALA AUGUSTO DOS SANTOS

FOTO: (Divulgação)

 ILUSTRÍSSIMO SENHOR DIRETOR GERAL DO RONDONIAOVIVO.COM,
GEBRIM ABDALA AUGUSTO DOS SANTOS, por sua advogada signatária, em razão da notícia veiculada às 9h50min da manhã de hoje, com fundamento no art. 5º, inc. V, da Constituição da República, vem respeitosamente requerer a imediata exclusão da matéria com o título “PRESO PELA FEDERAL É NOMEADO POR CONFÚCIO", bem como seja disponibilizada a publicação do direito de resposta extrajudicial a seguir apresentado.
Termos em que,
Pede o atendimento.
Porto Velho/RO, 07 de janeiro de 2.011.
Erica Caroline Ferreira Vairich
OAB/RO nº 3893
DIREITO DE RESPOSTA EXTRAJUDICIAL - GEBRIM ABDALA AUGUSTO DOS SANTOS
O Coordenador-Geral de Apoio Administrativo do Estado de Rondônia, Gebrim Abdala Augusto dos Santos, mais uma vez foi vítima de notícia que omite a verdade à população rondoniense.
Nesta sexta-feira, o site tudorondonia.com publicou e o Rondoniaovivo republicou a matéria sugerindo ter sido errada a nomeação de Gebrim Abdala para o cargo estadual, em razão de sua prisão na chamada “Operação Dominó”, deflagrada pela Polícia Federal em agosto de 2006.
É fato que Gebrim Abdala foi preso naquela operação. Entretanto, sua prisão revelou-se equivocada e precipitada, embora isso venha sendo insistente e acintosamente omitido do conhecimento da sociedade rondoniense.
O erro da prisão de Gebrim Abdala é comprovado pelo pedido feito pelo próprio Ministério Público de Rondônia para revogação da prisão e imediata soltura, o que foi prontamente atendido pela douta autoridade judiciária respectiva. Não foi preciso nenhum advogado sair em defesa de Gebrim Abdala porque o próprio Ministério Público entendeu ilegal a manutenção de sua prisão.
No entanto, é curioso que repetidas vezes as fotos de Gebrim Abdala naquele fatídico e infeliz episódio venha sendo publicada, omitindo-se do leitor rondoniense que o erro de sua prisão foi tão gritante que sua soltura foi requerida não por advogados, mas pelo próprio Ministério Público de Rondônia, autor das diversas ações criminais e civis públicas em andamento na Justiça Estadual.
É curioso também que ninguém informe ao leitor rondoniense que Gebrim Abdala sempre foi e é ficha limpa, e que não tem contra si uma única ação criminal ou de improbidade administrativa.
Na verdade, existe uma tentativa insistente de manchar a ilibada carreira pública de Gebrim, que foi vereador em Ji-Paraná, sem nunca ter anotado qualquer fato que maculasse sua postura de bom e popular parlamentar.
Em setembro do ano passado, outra falsa notícia de prisão de Gebrim Abdala foi veiculada como ardil para prejudicar a retidão do processo eleitoral rondoniense. Felizmente, contudo, a verdade veio à tona quando o próprio Tribunal Regional Eleitoral reconheceu ter sido mentirosa a notícia de qualquer flagrante de crime eleitoral cometido por Gebrim.
Diversos sites, como o Rondoniaovivo.com, tiveram que se desculpar publicamente pela mentira publicada.
Gebrim Abdala não se envergonha de ter saído derrotado do processo eleitoral, pois fez campanha limpa e impoluta.
Quem merece se envergonhar é o grupo que fez uso criminoso da imprensa para espalhar a mentira, macular o processo eleitoral e confundir o eleitor rondoniense, aturdido com as mentirosas notícias de prisão do então candidato.
É fato que a candidatura de Gebrim foi prejudicada pela calúnia e difamação noticiadas, entretanto, o ex-candidato orgulha-se da retidão de sua campanha.
Por fim, orgulha-se Gebrim Abdala também de fazer parte do novo Governo que impõe legalidade e mudança para construir uma Rondônia como o povo realmente quer.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS