close
logorovivo2

Empossado novo secretário adjunto de Justiça do Estado de Rondônia

Policial Federal João Bosco Costa é o novo adjunto

DA REDAÇÃO

1 de Dezembro de 2009 às 19:44

Empossado novo secretário adjunto de Justiça do Estado de Rondônia

FOTO: (Divulgação)

Numa rápida solenidade no final da tarde desta terça-feira (1/12), no auditório do Palácio Presidente Vargas, foi empossado o novo secretário-adjunto de Justiça, o servidor da Polícia Federal João Bosco Costa, que substituiu o advogado Gabriel Tomazete.

O novo adjunto chega com a difícil missão de administrar o sistema prisional do estado, que sofre com a superlotação a exemplo do restante do país. João Bosco disse em seu discurso de posse que a questão social no país é gravíssima e o quadro não é diferente em Rondônia, e que usará seu conhecimento na área de segurança para trabalhar com dedicação e afinco neste novo desafio.
Segundo o titular da pasta, secretário Gilvan Ferro, com a parceria das empresas construtoras das usinas do Madeira estão sendo construídos novos presídios que ajudarão a desafogar principalmente o Urso Branco, além de programas de educação e ressocialização de apenados, com cursos profissionalizantes para que possam ter uma vida profissional e social quando saírem da prisão.
O secretário-chefe da Casa Civil, Odacir Soares, representou o governador Ivo Cassol na solenidade, e destacou o aceno positivo do Governo Federal, ao ceder um dos seus importantes profissionais para ajudar o estado no combate à criminalidade, uma questão séria e delicada que requer ações firmes e conjuntas para que a população possa ter segurança.
O novo secretário-adjunto assinou o livro de posse diante de um grande número de secretários de estado, entre eles João Carlos Ribeiro, do Planejamento, Alceu Ferreira Dias, do DEOSP, Carlos Canoza, da Coordenadoria Geral de Apoio, Juscélis de Freitas, da Secel, Carlos Magno, da Agricultura, e Jaqueline Cassol, de Assuntos Estratégicos. Também estavam presentes o superintendente da Polícia Federal, delegado Nei Souza, e o promotor Carlos Martins, representando o Ministério Público.

 

Currículo do novo secretário adjunto de Justiça

O novo secretário-adjunto de Justiça, João Bosco Costa, tem 53 anos, é Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Tomou posse na Polícia Federal em 1981 no Acre como agente de polícia federal classe especial, onde desempenhou a função de instrutor de segurança de dignitários, de tiro e de investigação policial na Academia Nacional da Polícia Federal em Brasília por 6 anos.

No exterior, trabalhou durante dois anos na Embaixada do Brasil no Haiti. Ao retornar ao Brasil, durante 4 anos atuou na Delegacia de Repressão a Entorpecente no Rio Grande do Norte.

João Bosco também exerceu a chefia do Núcleo de Inteligência da Delegacia de Armas e do setor Administrativo da Superintendência Regional da Polícia Federal – Rondônia, presidiu o Sindicato da Polícia Federal e, por dois mandatos, presidiu a Associação dos Servidores da Polícia Federal.

Como servidor da Polícia Federal coordenou diversas operações de segurança de autoridades estrangeiras, participou ativamente da Conferência Nacional de Segurança Pública, realizada em Brasília e hoje representa a Polícia Federal no Conselho Nacional de Entorpecentes.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS