close
logorovivo2

Um presidente cheio de boas intenções

POR VALDEMIR CALDAS

21 de Fevereiro de 2019 às 09:26

Edwilson Negreiros chegou à presidência da Câmara de Vereadores de Porto Velho cheio de boas intenções e uma impressionante disposição para trabalhar e, como ele mesmo costuma dizer, fazer a diferença. Aos poucos, Edwilson vai imprimindo sua marca e abrindo suas primeiras picadas e varadouros na busca para tornar o Poder Legislativo cada vez mais transparente e sintonizado com os anseios da população, como faz questão de destacar.

 

Aproximar o Parlamento da população, por meio de Sessões Populares, sentindo e conhecendo de perto os anseios e as necessidades do povo e apontando os caminhos onde os recursos precisam ser investidos com eficiência e celeridade, como também estreitar os laços com o Executivo, é uma das metas de trabalho do novo presidente.

 

A Constituição Federal consagra a separação dos Poderes, fundamentada na independência e harmonia entre os órgãos do poder politico. Para ele, Câmara e Prefeitura são poderes independentes, mas precisam caminhar juntos, sempre que estiverem em jogo os interesses da população. O trabalho não pode ser isolado, mas permeado por ações conjuntas, que reflitam os anseios e as aspirações da sociedade.

 

Sensível às justas reinvindicações dos servidores da Câmara Municipal, Edwilson prometeu dar continuidade a politica de valorização da categoria implantada pelo seu antecessor, Maurício Carvalho, dentre de suas limitações constitucionais e financeiras, pois tem plena consciência de que o servidor representa a razão de ser de qualquer sistema organizado, e sabe, perfeitamente, que a maior motivação ainda reside na forma de pagamento e nas condições dignas de trabalho. Um funcionário motivado produz mais e melhor. Uma política de pessoal inteligente não apenas motiva o servidor, como também assegura melhor atendimento à clientela.

 

Como servidor efetivo da Câmara Municipal de Porto Velho, oro, torço, e vou me empenhar para que Edwilson acerte. E acho que os meus colegas precisam fazer a mesma coisa, pois trabalhar contrário seria um dos procedimentos mais burros, já que estamos todos no mesmo barco, ou seja, pertencemos ao mesmo Poder. Urge que se coloquem de lado eventuais divergências ocasionais, eleitorais e politicas, os interesses pessoais, mesquinhos, e pensemos na imagem do Poder Legislativo, como caixa de ressonância das aspirações sociais. Que Deus dê sabedoria ao presidente Edwilson Negreiros para conduzir a bom termo os destinos daquela Casa de Leis, saindo do terreno das boas intenções à concretização de ações práticas e duradouras.

 

 

MAIS COLUNAS

Valdemir Caldas

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS