close

HOMICÍDIO: Suspeito de jogar mulher no rio Madeira é preso no Rio de Janeiro

"Carlinhos" está com mandado de prisão preventiva solicitado pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) da capital de Rondônia

RONDONIAOVIVO

3 de Dezembro de 2019 às 11:46

HOMICÍDIO: Suspeito de jogar mulher no rio Madeira é preso no Rio de Janeiro

FOTO: (Richard Nunes/Rondoniaovivo)

Carlos Monteiro Esper, o "Carlinhos", 29, apontado como o responsável pelo desaparecimento da jovem Marinara Pantoja Ferreira, 20, que teria caído no rio Madeira na madrugada do dia 06 de fevereiro do ano passado foi preso na segunda-feira (02) na cidade de Campos dos Goytacazes/RJ.

 

"Carlinhos" está com mandado de prisão preventiva solicitado pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) da capital de Rondônia. Os investigadores   da especializada em Homicídios de Porto Velho após intensas diligências descobriram que o homem estava escondido no Estado do Rio de Janeiro.

 

O crime


Na madrugada do sumiço da jovem, Carlos foi detido por policiais militares escondido na beira do rio, no meio do mato, bairro Triângulo, na região central de Porto Velho (RO). Ele é o principal suspeito do crime. Os policiais constataram que a única pessoa que esteve com a jovem seria Carlos. Na época,  ele foi levado para a Central de Flagrantes, mas depois acabou liberado.

 

No mesmo dia do desaparecimento, a perícia esteve no local e encontrou alguns objetos da vítima que foram reconhecidos por familiares e pelo namorado dela. Em depoimento, Carlos negou qualquer participação no sumiço da jovem e disse que teria se desentendido com outra mulher. 

 

Afirmou ainda que teria discutido com uma mulher, entrou em luta corporal, ela caiu no rio e sumiu, mas negou que essa pessoa fosse Marinara. O homem garantiu para o delegado da Homicídios que estava à disposição da Justiça, caso fosse necessário, porém,  fugiu de Rondônia. As testemunhas afirmaram para a polícia que viram a jovem junto com Carlos no local antes dela desaparecer.

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS