close

TRAGÉDIA: Servidora pública morre após grave acidente com carreta na BR-364

A vítima ainda foi socorrida, mas não resistiu

RONDONIAOVIVO

31 de Outubro de 2019 às 20:52

TRAGÉDIA: Servidora pública morre após grave acidente com carreta na BR-364

FOTO: (Rondoniaovivo)

Um grave acidente de trânsito envolvendo uma carreta e um automóvel de passeio ceifou a vida da servidora pública do Estado de Rondônia, Josefa Lurdes Ramos, 50, na tarde desta quinta-feira (31) na BR-364, entre os municípios de Candeias do Jamari e Ariquemes (RO). Josefa era enfermeira do Centro de Medicina Tropical (Cametron).

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o motorista da carreta trafegava na BR-364, sentido
Candeias do Jamari /Ariquemes e o veículo modelo Gol, no sentido oposto.

 

Na hora da colisão, chovia muito no local e devido a isso o condutor da carreta acionou os freios, sendo que as rodas travaram e o semi-reboque traseiro perdeu a direção e ficou em formato de L, invadindo a pista contrária.

 

O veículo Gol não conseguiu desviar do semi-reboque que avançou a sua faixa de direção e a lateral esquerda do automóvel colidiu com o para-choque traseiro da carreta.

 

A servidora pública ficou presa nas ferragens, foi retirada por equipes do Corpo de Bombeiros e socorrida às pressas. Porém, a vítima morreu no posto de saúde de Candeias do Jamari.

 

O teste de bafômetro no motorista da carreta deu negativo, mas ele foi apresentado na Central de Flagrantes pelo crime de homicídio culposo no trânsito.

TRAGÉDIA: Servidora pública morre após grave acidente com carreta na BR-364
TRAGÉDIA: Servidora pública morre após grave acidente com carreta na BR-364
TRAGÉDIA: Servidora pública morre após grave acidente com carreta na BR-364
TRAGÉDIA: Servidora pública morre após grave acidente com carreta na BR-364
TRAGÉDIA: Servidora pública morre após grave acidente com carreta na BR-364
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS