close

URGENTE - VÍDEO: Pai, mãe e tio são levados para a Central de Polícia após morte de bebê

O sargento Marques contou em entrevista que o médico de plantão na UPA teria afirmado que apesar das partes íntimas da bebê estarem dilaceradas, a causa da morte provavelmente foi por asfixia

RONDONIAOVIVO

13 de Setembro de 2019 às 15:01

URGENTE - VÍDEO: Pai, mãe e tio são levados para a Central de Polícia após morte de bebê

FOTO: (Richard Nunes /Rondoniaovivo)

Uma equipe da Patrulha Condominial do 5° Batalhão, sob o comando do sargento da Polícia Militar, Marques, após ouvir todas as versões sobre a morte da bebê de oito meses que teve as partes íntimas dilaceradas e morreu nesta sexta-feira (13) em uma residência na Rua Geraldo Pataxó, região Leste de Porto Velho (RO), decidiu conduzir para a Central de Flagrantes, o pai, a mãe e o tio da vítima.

 

VEJA MAIS

 

 

 

A princípio por falta de provas eles seriam liberados e a ocorrência registrada na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV).

 

O sargento Marques contou em entrevista que o médico de plantão na UPA teria afirmado que apesar das partes íntimas da bebê estarem dilaceradas, a causa da morte provavelmente foi por asfixia. Ou seja, no momento do crime, o estuprador tampou a boca e nariz da bebê para que não fossem ouvidos choros.

 

Confira entrevista completa com policial militar:

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS