close

SALVA DE TIROS: Corpo de policial civil é enterrado sob clima de comoção e homenagem

Antenor morreu na  madrugada de quinta-feira (05) em um hospital particular da capital. Ele foi vítima de problemas cardíacos

RONDONIAOVIVO

6 de Setembro de 2019 às 10:25

SALVA DE TIROS: Corpo de policial civil é enterrado sob clima de comoção e homenagem

FOTO: (Richard Nunes/Rondoniaovivo)

Em um clima de tristeza e comoção, familiares e amigos deram o último adeus ao policial civil Antenor Tavares Castro, 72, durante enterro ocorrido na manhã desta sexta-feira (06), no Cemitério dos Inocentes, em Porto Velho (RO). Uma salva de tiros foi realizada em homenagem ao policial. 

 

Antenor morreu na  madrugada de quinta-feira (05) em um hospital particular da capital. Ele foi vítima de problemas cardíacos.

 

O policial trabalhou até os últimos dias de vida na Delegacia Especializada em Apuração aos Atos Infracionais (DEAAI) da capital, mas também exerceu sua função no 1 ° 6 °  e 8 ° DP's.

 

Muito conhecido e querido por todos que o conheciam, Antenor era pai do policial civil Waldenor Castro - Chefe do Serviço de Investigação e Capturas (Sevic) da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV). Preguinho, como era conhecido Antenor, irá deixar eternas saudades.

 

SALVA DE TIROS: Corpo de policial civil é enterrado sob clima de comoção e homenagem
SALVA DE TIROS: Corpo de policial civil é enterrado sob clima de comoção e homenagem
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS