close

MATADOR PERIGOSO: Homicídios fecha fábrica de armas durante cerco para tentar prender "Bate- Estaca"

O Rondoniaovivo apurou que os policiais foram ao local depois de receberem informações de que Marcelo Brito Sales, vulgo "Marcelo Bate-Estaca" estava escondido na residência

RONDONIAOVIVO

5 de Setembro de 2019 às 11:06

MATADOR PERIGOSO: Homicídios fecha fábrica de armas durante cerco para tentar prender "Bate- Estaca"

FOTO: (Rondoniaovivo)

Agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) fecharam mais uma fábrica clandestina de armas caseiras em Porto Velho (RO). Desta vez, José Vanderlan S., 32, Leandro M. M., 32, foram presos na manhã desta quinta-feira (05) em uma residência na Rua Três e Meio, bairro Floresta, na zona Sul.

 

O Rondoniaovivo apurou que os policiais foram ao local depois de receberem informações de que Marcelo Brito Sales, vulgo "Marcelo Bate-Estaca" estava escondido na residência. Ele está com mandado de prisão por crime de homicídio, além de ser apontado como autor de tentativas de homicídio e outros assassinatos e um latrocínio.

 

 

No momento da chegada dos policiais, o criminoso fugiu pulando muros de residências e entrou em um córrego.

 

No imóvel, os agentes da Homicídios acabaram se deparando com uma fábrica clandestina de armas caseiras. Na ocasião foram presos José Vanderlan e Leandro com armas que estavam sendo feitas, materiais usados na fabricação,  além de uma porção de droga e um rádio na frequência da polícia.

 

A dupla foi levada para a especializada e  flagranteada. "Marcelo Bate-Estaca" segue sendo procurado.

MATADOR PERIGOSO: Homicídios fecha fábrica de armas durante cerco para tentar prender "Bate- Estaca"
MATADOR PERIGOSO: Homicídios fecha fábrica de armas durante cerco para tentar prender "Bate- Estaca"
MATADOR PERIGOSO: Homicídios fecha fábrica de armas durante cerco para tentar prender "Bate- Estaca"
MATADOR PERIGOSO: Homicídios fecha fábrica de armas durante cerco para tentar prender "Bate- Estaca"
MATADOR PERIGOSO: Homicídios fecha fábrica de armas durante cerco para tentar prender "Bate- Estaca"
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS