close

CONSELHO FINAL:  Homicídios prende "Coringa" suspeito de participar de execução no Orgulho

As prisões são fruto da Operação Conselho Final deflagrada pela DECCC com o intuito de esclarecer o crime, que teria sido motivado devido briga entre facções criminosas

RONDONIAOVIVO

11 de Julho de 2019 às 17:26

CONSELHO FINAL:  Homicídios prende "Coringa" suspeito de participar de execução no Orgulho

FOTO: (Richard Nunes/Rondoniaovivo)

Agentes da Polícia Civil, através da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) prenderam na tarde desta quinta-feira (11) Felliphe César S. R., 28, vulgo "Coringa" acusado de participação na morte a tiros de Jader Feijó Falcão, 22, ocorrida no dia 08 de maio deste ano no condomínio Orgulho do Madeira, na zona Leste de Porto Velho (RO). 

 

As investigações da polícia apuraram que o crime foi planejado por duas mulheres identificadas como Hiasmim C. S., vulgo “Morena Problemática” e Aline M. B., vulgo “Miranda”, por meio de um grupo de WhatsApp denominado “Conselho Final”. Jader Feijó Falcão foi vítima de vários disparos de arma de fogo executado por três indivíduos identificados como Ramon  P. O., vulgo “RM”, Wesley L. T., vulgo “Baé”, Edivaldo V. B., vulgo “Citroen”. Todos já presos. A polícia revelou que o mandante do homicídio foi Elton L. S., vulgo “Bad Boy”. Todos os envolvidos são integrantes da facção criminosa Comando Vermelho. Dos envolvidos a única que ainda está foragida é a Hiasmin C. S., vulgo "Morena Problemática".

 

As prisões são fruto da Operação Conselho Final deflagrada pela DECCC com o intuito de esclarecer o crime, que teria sido motivado devido briga entre facções criminosas. 

 

O vulgo "Coringa" foi preso no próprio Orgulho do Madeira e na oportunidade ainda acabou flagrado com 23 porções de maconha.

CONSELHO FINAL:  Homicídios prende "Coringa" suspeito de participar de execução no Orgulho
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS