close
logorovivo2

NA SUL: Após roubo a residência, dois são detidos com maquinário para furtar bancos

Segundo informações, o adolescente invadiu a residência e com um cabo de vassoura e também simulando estar com uma arma na cintura rendeu uma mulher de 28 anos que estava dormindo

RONDONIAOVIVO

14 de Novembro de 2018 às 13:56

NA SUL: Após roubo a residência, dois são detidos com maquinário para furtar bancos

FOTO: (Divulgação)

Uma guarnição do 9° Batalhão deteve na manhã desta quarta-feira (14) um adolescente de 15 e o foragido da Justiça Fábio A. S. F., após um assalto a residência na Rua 18 de Janeiro, bairro Cohab, região Sul de Porto Velho.

 

Segundo informações, o adolescente invadiu a residência e com um cabo de vassoura e também simulando estar com uma arma na cintura rendeu uma mulher de 28 anos que estava dormindo. Ele roubou um aparelho Iphone e uma mochila. Na fuga, a vítima gritou por socorro e o suspeito soltou a mochila, mas levou o telefone.

 

A PM foi acionada e após diligências se deparou com o suspeito. Ele pulou um córrego, saiu invadindo quintais de residências e acabou detido dentro de um imóvel deitado em uma cama, tentando disfarçar. Ele levou os militares até uma residência aparentemente abandonada  na Rua Dr. Gondin, bairro Castanheira e o Iphone foi encontrado enrolado em um papel alumínio para dificultar o rastreamento.

 

Em revista no imóvel foi abordado o suspeito Fábio e encontrados vários objetos de procedência duvidosa, inclusive um maquinário possivelmente usado para furar paredes de bancos e outros estabelecimentos comerciais para cometimento de furtos. Fábio tentou passar o nome do irmão, mas os policiais descobriram que ele estava com dois mandados de prisão. A dupla foi conduzida para a Central de Flagrantes e ficou à disposição da Justiça.

NA SUL: Após roubo a residência, dois são detidos com maquinário para furtar bancos
NA SUL: Após roubo a residência, dois são detidos com maquinário para furtar bancos
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS