close

Homem que matou filho do ex-prefeito Rover veio do Mato Grosso

O suspeito foi preso ainda dentro do quintal da casa, já seu comparsa conseguiu fugir

DA REDAÇÃO

26 de Agosto de 2017 às 09:14

Homem que matou filho do ex-prefeito Rover veio do Mato Grosso

FOTO: (Divulgação)

Lucas Rodrigues Ramos, 22 anos, é o autor dos disparos que tirou a vida de Luiz Eduardo Silva Rover – com 21 anos, filho do ex-prefeito de Vilhena, José Luiz Rover.  O crime foi registrado na casa da família, no bairro Jardim Eldorado na noite de sexta-feira (25).
 
O suspeito foi preso ainda dentro do quintal da casa, já seu comparsa conseguiu fugir. Em depoimento à polícia, Lucas disse que é de Tangará da Serra no Mato Grosso e teria chegado à cidade há três dias. Já seu comparsa, identificado por ele mesmo como “Pretinho” seria de Vilhena.
 
@VEJAMAIS
 
Lucas narrou aos policiais que estava passando na frente da casa, quando viu uma movimentação de pessoas na varanda do imóvel e o portão de acesso de veículos entreaberto. Ele e seu comparsa então teriam decidido entrar para praticar um assalto.
Ambos teriam entrado pelo portão e já na varanda da casa se depararam com o ex-prefeito, onde foi anunciado o assalto. Neste momento teria chegado Luiz Eduardo, que minutos antes havia saído com outro rapaz para buscar bebidas.
 
O jovem ao ver o suspeito com a arma na mão se “lançou” na tentativa de proteger Rover, mas acabou sendo alvejado na região da garganta e peito. Luiz foi socorrido ao hospital ainda com vida no veículo da família, mas sofreu parada cardíaca e morreu.

Imobilizado
 
De posse de uma pistola 380 municiada, Lucas teria tentado efetuar outros disparos, mas foi imobilizado no portão da casa por um PM que é vizinho do ex-prefeito.
 
Segundo amigos, a família fazia uma confraternização entre amigos íntimos e parentes.

Delações
 
O ex-prefeito José Rover preso no ano passado por crimes de corrupção fez delações à justiça, e segundo fontes, teria apontado à participação de deputados e senadores em atos de corrupção.
 
Agora a polícia investiga se a ida do suspeito até a casa do ex-prefeito se trata de um crime encomendado em retaliação às possíveis delações, ou se a morte de Luiz foi em decorrência de uma tentativa mal sucedida de assalto.
 
A família ainda não divulgou o local do velório.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS