close
logorovivo2

PM detém dupla que invadiu residência para roubar cofre com R$ 30 mil

PM detém dupla que invadiu residência para roubar cofre com R$ 30 mil

DA REDAÇÃO

19 de Abril de 2017 às 07:28

PM detém dupla que invadiu residência para roubar cofre com R$ 30 mil

FOTO: (Divulgação)

Uma equipe da Polícia Militar deteve na madrugada desta quarta-feira (19), Carlos S. T. (27) e um adolescente de 17 anos acusados de praticar furto em uma residência no bairro Lagoinha, zona Leste da capital. Com a dupla, foi apreendida uma arma de fogo municiada.
 
Conforme relatos colhidos junto a polícia, a guarnição recebeu informações
 de que na residência estaria ocorrendo um roubo em andamento. Rapidamente os policiais chegaram ao local e flagraram a dupla em cima do telhado do imóvel. Os PMs viram que um dos suspeitos estava armado e deram voz de parada. Neste momento, Carlos que portava um revólver calibre 38 fez movimento brusco e os policiais efetuaram dois disparos de advertência. A dupla pulou do telhado e sofreu várias escoriações pelo corpo. O menor logo foi  detido e Carlos foi localizado escondido em uma residência vizinha. Para  a polícia, a dupla disse que a intenção era praticar assalto, pois tinha informações de que na casa havia um cofre e teria R$ 30 mil. Com os suspeitos, foram encontrados o armamento e um cheque. 

Foi mantido contato com  proprietária do imóvel que informou ter acabado de sair do local. A mulher reconheceu o cheque e disse que a porta da casa havia sido arrombada. Os suspeitos disseram que chegaram até o endereço em um automóvel Siena de cor preta, que era conduzido por um jovem identificado apenas como Júnior. Buscas foram realizadas, mas o suspeito não foi encontrado. A dupla foi apresentada na Central de Flagrantes para que as medidas cabíveis fossem tomadas. A esposa de Carlos esteve na delegacia e   informou que o nome do marido seria Maikon O. S. e ele estaria ausente da Colônia Penal há 15 dias. Carlos nega a denúncia da mulher.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS