close
logorovivo2

CIÚMES – Agente penitenciário é morto com espeto cravado no pescoço

A vítima estava com vários ferimentos na cabeça provocados por pauladas e um espeto cravado no pescoço. Segundo informações da PM, a vítima teria passado a noite em uma festa na companhia de uma mulher que ele estava conhecendo e pela manhã ele a levou pa

RONDONIAOVIVO

9 de Abril de 2017 às 12:54

CIÚMES – Agente penitenciário é morto com espeto cravado no pescoço

FOTO: (Divulgação)

Um agente penitenciário identificado pelo nome de Modesto Moreira de Oliveira, de 39 anos de idade, foi encontrado morto dentro de uma residência localizada na Rua Beira Rio, no setor 11 no município de Ariquemes.

A vítima estava com vários ferimentos na cabeça provocados por pauladas e um espeto cravado no pescoço. Segundo informações da PM, a vítima teria passado a noite em uma festa na companhia de uma mulher que ele estava conhecendo e pela manhã ele a levou para casa dela.

Na casa, o agente foi atacado com pauladas na cabeça pelo ex-marido da mulher que estava escondido, esperando o casal chegar no imóvel. Não contente com os golpes o acusado ainda pegou um espeto de ferro e cravou no pescoço da vítima, a mulher e o suspeito desapareceram.

Uma testemunha foi até a casa e encontrou o corpo do agente caído na sala todo ensanguentado, assustada, ela acionou a polícia que rapidamente chegou no endereço e constatou o fato e acionou uma equipe do SAMU que ainda tentou salva a vida do homem, porém ele já estava sem vida.

A Polícia Militar isolou o perímetro da residência e acionou a perícia técnica e o rabecão para fazer os trabalhos necessários. Após a finalização da Perícia o corpo foi removido e entregue para funerária de plantão.

O carro da vítima que estava na frente passou por perícia e aparentemente nada foi levado descartando o Latrocínio, que é o roubo seguido de morte. O Sevic da polícia civil segue nas investigações e está contando com o apoio da PM para localizar o suspeito e a mulher que estava com Modesto, pois à uma hipótese de que ela tenha sido levada a força pelo criminoso.

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS