close
logorovivo2

Policia prende homicida confesso de assassinato

PM prende infrator que confessou homicídio

DA REDAÇÃO

1 de Março de 2015 às 14:47

Policia prende homicida confesso de assassinato

FOTO: (Divulgação)

Na manhã de sábado, 28, por volta das 10h, policiais militares do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM), prenderam Magno de Almeida Rodrigues, 23 anos, que confessou ter matado Francisco Romário Nascimento Taveira, 26 anos, com vários golpes de faca, com a ajuda do seu primo, Eduardo Delgado Mota, 21 anos, fato ocorrido durante a madrugada de sábado, na rua Pinhal, bairro Nacional, em Porto Velho, após os três passarem a madrugada ingerindo bebida alcoólica.

O Centro Integrado de Operações Policiais CIOP, recebeu ligação telefônica, através do número de emergência 190, informando que havia o corpo de um homem, caído dentro de um matagal, por trás de uma residência na rua Pinhal, 7665, bairro Nacional, em Porto Velho.

   Magno de Almeida Rodrigues e  Eduardo Delgado Mota

De imediato foi acionada a guarnição do 1º BPM, composta pelo Cabo PM Valtecir, Soldados PM Marinheiro e Monteiro, que no local constataram que a vítima foi amordaçada, e que existiam manchas de sangue na varanda da casa próxima do local, e um rastro que indicava que a vítima foi arrastada até o matagal.

Diante destas constatações, foi solicitada a presença de mais uma equipe para auxiliar nas diligências, sendo enviada outra guarnição do 1º BPM, composta pelo Cabo PM Adriano e os Soldados PM Marta e Adelmo, que ajudaram a isolar o local e a colher informações importantes para o esclarecimento do crime.

Segundo populares, a casa onde foi praticado o homicídio pertence a Eduardo Mota, e que ele juntamente com Magno e a vítima, foram vistos juntos ingerindo bebida alcoólica. Os Policiais Militares se dirigiram até a casa de familiares de Magno, onde lhe encontraram. Ele afirmou que estava dormindo na casa do seu tio, ao lado da casa de Eduardo, quando este lhe acordou e chamou para consumir bebida.

Em determinado momento, Eduardo saiu e minutos depois retornou em companhia da vítima. Os três continuaram a beber, até que em dado momento Eduardo e Magno se apossaram de uma faca e desferiram vários golpes na vítima e depois arrastaram o corpo até o matagal atrás da casa. Em seguida, Magno foi para a residência de familiares, onde tomou banho e trocou de roupa, e voltou a dormir, até ser preso em flagrante pelos Policiais Militares. No local da prisão foi apreendida a carteira de identidade de Eduardo Delgado Mota e as roupas manchadas de sangue que Magno vestia no momento do crime. Eduardo fugiu para destino ignorado.

Agentes da Polícia Civil, lotados na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida, compareceram no local da ocorrência e localizaram na cena do crime a faca utilizada para desferir os golpes na vítima e a camiseta vermelha, que Eduardo vestia durante a prática criminosa, conforme reconhecimento realizado por Magno.

Os objetos encontrados, juntamente com o infrator preso foram apresentados na Central de Polícia, onde foi registrada a ocorrência policial nº 1591-2015.

O trabalho dos Policiais Militares foi primordial para a prisão deste infrator e a elucidação do crime, dando uma resposta rápida a sociedade, diante de um crime bárbaro.

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS