close
logorovivo2

Operação conjunta do DENARC e PATRIMÔNIO prendem quadrilha que assaltou banco Bradesco em Porto Velho - FOTOS

A polícia chegou até os acusados depois de receber informação anônima na manhã de sexta-feira (04), relatando do roubo que ia acontecer na agência bancária.

DA REDAÇÃO

6 de Maio de 2012 às 09:11

Operação conjunta do DENARC e PATRIMÔNIO prendem quadrilha que assaltou banco Bradesco em Porto Velho - FOTOS

FOTO: (Divulgação)

Uma operação de sucesso da policia civil de Rondônia, envolvendo agentes do DENARC (Departamento Investigação Sobre Narcóticos) e Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio, prendeu um bando de assaltantes composta por cinco pessoas, acusadas de roubar na noite de sexta-feira (04) a agência do banco Bradesco,localizada na Avenida Carlos Gomes, centro de Porto Velho.
Os acusados foram identificados como: Sidvam Martins da Costa, vulgo “Queimado”, “Branco” ou “Sid” - foragido da Justiça, seu filho Igor Silva da Costa, João Paulo Graça Nobre, Jones Ferreira Alves, Erivelton da Silva Paulino, vulgo “Carioca” ou “Barba Ruiva”.
A polícia chegou até os acusados depois de receber informação anônima na manhã de sexta-feira (04), relatando do roubo que ia acontecer na agência bancária.
No roubo o bando usou dois carros, sendo um Corsa Classic e um Fiat Siena, os veículos estavam com as placas trocadas.
A AÇÃO
Os assaltantes chegaram ao banco e renderam quatro pessoas. Em poder de funcionários os marginais exigiram dinheiro e foram aos cofres, onde pegaram uma grande quantia. Do lado de fora do banco, às equipes policiais montaram um cerco e avistaram os bandidos tentando fugir com as maletas recheadas de dinheiro. Na abordagem houve troca de tiros e “Sid” e seus filho Igor saíram baleados.
O restante do bando fugiu com reféns em um veículo da polícia e foram presos depois de baterem a viatura nas confluências da Avenida Abunã com a Rua José de Alencar.
Os assaltantes feridos foram levados para o Hospital e Pronto Socorro João Paulo II onde ficaram internados e fora de risco de morte.
O restante da quadrilha foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos. Cerca de R$ 170, 000,00 em espécie foi recuperado, juntamente com armas e outros objetos.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS