close
logorovivo2

Homem leva vários tiros, bate em moto de atirador e consegue pedir socorro no Comando Geral da PM

Um homem, foi protagonista de um atentado na última sexta-feira (07) com uma reação e fuga espetacular na Avenida Rio Madeira. A pistola usada pelo atirador pertence a Secretaria de Segurança, porém não existe registro de roubo ou furto da mesma.

DA REDAÇÃO

11 de Abril de 2011 às 08:30

Homem leva vários tiros, bate em moto de atirador e consegue pedir socorro no Comando Geral da PM

FOTO: (Divulgação)

Um homem, identificado como Salomão Pereira de Oliveira, de 37 anos, foi protagonista de um atentado com uma reação e fuga espetacular na Avenida Rio Madeira, bairro Nova Esperança, zona Norte de Porto Velho, na última sexta-feira (07),

De acordo com narrativa do Boletim de Ocorrência nº 3155/2011, Salomão vinha conduzindo seu automóvel (não descrito no B.O.), pela Avenida Rio Madeira, na altura do nº 4750, por volta das 18h30, quando de repente uma motocicleta surgiu e o condutor a jogou na sua frente obrigando o motorista a parar, freando bruscamente, foi o tempo necessário para que o motociclista, identificado como Enoc Moreira de Oliveira, de 21 anos, descesse da moto e sacando uma pistola efetuou pelo menos 8 disparos contra Salomão.

Mesmo ferido e com dificuldade, Salomão conseguiu manobrar o seu carro e fugir, foi quando Enoc subiu na motocicleta e passou a perseguir a vítima pela Avenida Rio Madeira e continuou a efetuar vários disparos no percurso.

Próximo ao colégio Tiradentes, na esquina da Avenida Migrantes, Salomão arriscou tudo numa manobra de alto risco. Ele freou o seu carro fazendo com que a motocicleta tomasse a sua frente, rapidamente então ele acelerou e conseguiu bater na traseira da moto fazendo com que no impacto Enoc fosse arremessado no chão.

Ainda com dificuldade, vendo que seu algoz estava no chão ferido, Salomão conseguiu conduzir o seu carro até a portaria do Comando Geral da Polícia Militar, na Avenida Tiradentes, próximo ao local do acidente.

A vítima chegou bastante ferida, proveniente dos disparos sofridos. Salomão foi atendido em seguida por uma SAMU e conduzido ao Pronto Socorro João Paulo II, onde foi medicado e ficou internado em observação, pois havia fraturado vários ossos dos braços e um projétil ficou alojado no toráx.

Já Enoc, o atirador, que foi atropelado por Salomão, foi atendido por uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros. O SD/PM Roberto que estava na ocorrência do acidente, entregou para a guarnição policial a pistola utilizada. Enoc recebeu os primeiros socorros e foi levado ao Pronto Socorro do João Paulo II, internado e em observação, pois ficou bastante ferido depois do acidente.

Duas testemunhas confirmaram a versão apresentada pela vítima, dizendo inclusive que foram cerca de oito disparos.

A irmã de Salomão disse para os policiais que há aproximadamente 4 anos Enoc, junto com outro homem, tentou roubar a motocicleta de seu outro irmão e que naquela ocasião foram efetuados 5 disparos de arma de fogo contra ele, porém a moto não foi roubada por que não conseguiram fazê-la funcionar. Ela disse ainda que o seu irmão sobreviveu mesmo após receber os tiros.

ORIGEM DA ARMA

A arma utilizada por Enoc para tentar matar Salomão, de acordo com o Boletim de Ocorrência, pertence a Secretaria de Segurança. Junto ao CIOP (Centro Integrado de Operações Policiais) foi feito pesquisa e para surpresa dos agentes não existe nenhuma restrição de roubo ou furto. As munições, tanto as intactas quanto as que foram deflagradas, tiveram seus números de séries raspados.

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS