close
logorovivo2

Homem tentar agredir mãe, esposa, filho e ainda causa danos ao patrimônio público na Central de Polícia

Homem tentar agredir mãe, esposa, filho e ainda causa danos ao patrimônio público na Central de Polícia

DA REDAÇÃO

30 de Novembro de 2010 às 13:55

Homem tentar agredir mãe, esposa, filho e ainda causa danos ao patrimônio público na Central de Polícia

FOTO: (Divulgação)

Kairo C. B (37) foi preso na segunda-feira (29) acusado de fazer ameaças graves contra toda a família envolvendo a própria mãe, filho e esposa por motivos fúteis.
Segundo relatos de uma testemunha que presenciou o fato, a família estava trancada dentro do apartamento e do lado de fora o homem, que estava em estado de fúria, dizia para eles abrirem a porta se não ele os matariam. Quando o homem tomou conhecimento de que a polícia tava chegando ao local, tentou empreender fuga e ao dar de frente com uma tia passou a pedir desculpa por uma tentativa de estupro que ele tinha feito contra ela há dois anos. Ainda na fuga o homem pegou a esposa pelos cabelos e a agrediu com socos, pontapés, além de xingá-la com vários palavrões como: “noiada e puta”.
Com a chegada da polícia o homem recebeu voz de prisão e ao ser conduzido para dentro da viatura, passou a danificar a mesma com chutes, quebrando a porta e outras partes. A guarnição pediu auxílio de um camburão e conseguiu levar o agressor até a Central de Polícia, onde lá quebrou uma divisória da delegacia que caiu em cima de um PM, que ficou parcialmente lesionado. Diante dos fatos, Kairo foi levado para a carceragem da delegacia onde vai aguardar detido.
ESPANTO
O que causa espanto para os policiais que prestam serviço na delegacia Central  é que estes atos de vandalismos causados por pessoas detidas acontecem com freqüência e nenhuma medida de segurança foi tomada. “Ontem foi um colega, hoje pode ser eu ou outra pessoa, até quando vamos ter que passar por estas situações desconfortáveis? Sem contar com as outras coisas que acontecem por aqui, como o ambiente insalubre” ressaltou um PM.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS