close
logorovivo2

Traficante “Bocão” é preso mais uma vez em flagrante pelo GIC e DENARC na zona Norte da capital

Traficante “Bocão” é preso mais uma vez em flagrante pelo GIC e DENARC na zona Norte da capital

DA REDAÇÃO

11 de Novembro de 2009 às 13:25

Traficante “Bocão” é preso mais uma vez em flagrante pelo GIC e DENARC na zona Norte da capital

FOTO: (Divulgação)

Acusado da prática ilícita na venda de drogas, Edvan Peres Ferreira, vulgo “Bocão”, foi preso mais uma vez quando tentava comercializar substância entorpecente. Policiais do GIC – Grupo de Investigações e Capturas e do DENARC – Departamento de Narcóticos da Polícia Civil de Rondônia, prenderam “Bocão” nesta terça-feira, por volta das 17horas, na Rua do Contorno, conjunto Marechal Rondon, em Porto Velho, quando ele ia revender produtos entorpecentes. Foram apreendidas 30gramas de cocaína, diversos sacos plásticos utilizados para embalagem de droga, um celular e R$ 260,00.
 
A Polícia informou que uma equipe do DENARC juntamente com policiais do GIC, foram informados de que Edvan Peres, com larga experiência no tráfico e com diversas passagens pela Central de Polícia, realizaria uma entrega de droga ilícita a um suposto comprador na Rua do Contorno, no conjunto Marechal Rondon, em Porto Velho. Os policiais virão quando o acusado chegava e, ao lado do muro de uma Igreja nas imediações ele agachou-se e deixou algo em que os policiais encontraram depois uma porção de entorpecente tipo cocaína, brilho.
 
Com este flagrante, os policiais foram com Edvan até a sua residência onde apreenderam mais cocaína. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao DENARC. Com um laudo preliminar apontando de que a substância apreendida era cocaína, o delegado do DENARC Paulo Romanini ratificou a voz de prisão contra o acusado, por prática, em tese, de tráfico de drogas.
 
A equipe do Grupo de Investigações e Capturas da SESDEC, que tem atuação em todo estado de Rondônia, além do trabalho individual, tem como compromisso trabalhar em conjunto com todos os órgãos policiais, no combate ao Ilícito penal, observou o delegado Jeremias Mendes, titular do GIC.
 
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS