close
logorovivo2

Casal acusado de receptação mantinha munição e algema em estabelecimento comercial - Confira fotos

Casal acusado de receptação mantinha munição e algema em estabelecimento comercial - Confira fotos

DA REDAÇÃO

28 de Abril de 2009 às 08:01

Casal acusado de receptação mantinha munição e algema em estabelecimento comercial - Confira fotos

FOTO: (Divulgação)

Policiais do Grupo de Investigações e Capturas (GIC) prenderam na noite de segunda-feira (27) um casal acusado de comprar vários produtos de roubos e revender em seu próprio comércio, localizado no bairro Mariana, zona Leste da capital. O casal foi identificado como Alessandra Gomes Deodato, 31 anos, e Valdemir Morais Souza, de 33 anos.

A polícia chegou até os acusados após prender em flagrante um homem conhecido por José Raimundo Silva de Oliveira, vulgo “Caboquinho”, que informou aos policiais que há aproximadamente três meses vinha praticando vários roubos direcionados a vendedores de cartões telefônicos com a ajuda de outros comparsas, onde repassava os produtos para Valdemir Morais, que vendia os cartões e repassava para a quadrilha uma pequena quantia em dinheiro.

Raimundo deixou claro que seu bando já havia praticado mais de cinco roubos e que Morais era a pessoa escolhida para fazer a transação do roubo. Em campana realizada nas proximidades do estabelecimento comercial, foi flagrado Morais com aproximadamente mais de 70 cartões telefônicos, do tipo "orelhão" - 37 cartões de 20 unidades, 21 cartões telefônicos de 40 unidades, 10 cartões de 75 unidades -, roubados conforme ocorrências registradas no 1°,2° e 3° DP. Os policiais ainda encontraram uma pochete, uma câmera fotográfica Sony, três celulares de várias marcas, R$ 300 reais, uma algema, 16 munições de calibre 38, 114 CDs diversos, 306 DVDs diversos oito maços de cigarros e 104 carteiras de cigarro.

No comércio ficou esclarecido que quem vendia os cartões era Alessandra. Diante do flagrante todos os envolvidos receberam voz de prisão e foram conduzidos a Central de Polícia onde foram ouvidos e aguardam detidos a decisão da Justiça.

CONFIRA FOTOS:

 

*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS