close
logorovivo2

Acre - Mais um morto em conflito de terra

Acre - Mais um morto em conflito de terra

DA REDAÇÃO

11 de Setembro de 2008 às 08:23

Acre - Mais um morto em conflito de terra

FOTO: (Divulgação)

Supõe-se que mais um crime de pistolagem ocorreu no Seringal Pirapora, em Porto Acre. Há anos, registrou-se um conflito por terras, matando dezenas de pessoas. Suspeita-se de que fazendeiros com interesses na região ordenaram as execuções. No domingo, à noite, um homem com uns 55 anos foi encontrado agonizando em sua casa. O pior é que a polícia acreana nada pode fazer, porque a maioria dos crimes ocorre em área que pertence ao Estado do Amazonas. Na tarde de 2 de setembro, quando José Mota do Nascimento (34) voltava para sua casa pelo Ramal do Abacaba, Bebé o matou com uma facada no coração e fugiu. O delegado Fábio Henrique Pevianni, da 8ª Unidade de Segurança Pública (Adalberto Sena), ouviu às testemunhas e chegou ao autor. Como o crime ocorreu no Estado do Amazonas, os depoimentos foram encaminhados à Direção Geral de Polícia Civil e, por sua vez, mandou-os ao delegado de Boca do Acre, onde o crime deverá ser apurado. Em março, o pistoleiro João Seringueiro, que trabalhava para fazendeiros da região e comanda um grupo de jagunços, emboscou e matou a tiros um jovem de 22 anos, porque este se recusou sair de um lote de terra que havia invadido. No domingo, à noite mais, um invasor foi emboscado quando estava em sua casa e acabou atingido com um tiro de revólver. O autor do disparo estava em local escuro. O corpo permanecia até a tarde de ontem no IML à espera de alguém para identificá-lo.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS