close
logorovivo2

Roraima - Adolescente é morta e oficial PM baleado por amante enciumado

Roraima - Adolescente é morta e oficial PM baleado por amante enciumado

DA REDAÇÃO

18 de Abril de 2007 às 06:59

Roraima -  Adolescente é morta e oficial PM baleado por amante enciumado

FOTO: (Divulgação)

Um crime possivelmente passional, envolvendo dois homens e uma adolescente, terminou com morte da garota e um oficial da Polícia Militar baleado. O fato ocorreu por volta das 20h30 de ontem na casa da adolescente, na rua Linha Fina, número 494, no bairro Jóquei Clube. *Atingido com um tiro na altura do abdome, o capitão da PM Castro Mendes ainda saiu do local dirigindo seu veículo, um Gol de placas KIX 2944, mas menos de um quilômetro depois perdeu o controle do carro e entrou em um terreno baldio, após colidir contra uma coluna de concreto e arrebentar o arame. *Populares ligaram para a polícia informando do veículo dentro do terreno e, em poucos minutos, o resgate fez o socorro de Castro Mendes. Ele foi levado às pressas para o hospital e a informação era de que o oficial deu entrada no centro cirúrgico. O tiro atingiu o intestino da vítima que estava correndo risco de morte. *A garota identificada como Vilaneide Ferreira, de 17 anos, morreu dentro de casa, na porta da cozinha. Manchas de sangue rodeavam a casa, dando a entender que, antes de cair morta, a vítima ainda correu de seu algoz, mas não resistiu. *O assassino, identificado pelo nome de José Bernabé da Silva, apelidado de Macuxi, conseguiu fugir da cena do crime correndo com um capacete na cabeça e deixou uma moto Titan 125 de cor verde, placa NAO 0648, caída na porta da casa. Outra informação dava conta de que, na fuga, ele ainda tomou a bicicleta de um garoto e continuou fugindo. O criminoso é proprietário de uma distribuidora de bebidas que leva o nome de Macuxi e fica localizada no mesmo bairro do crime. *Familiares da adolescente informaram que Macuxi seduzia a garota desde que ela tinha 13 anos e os dois mantinham um relacionamento amoroso até este ano, quando a vítima decidiu terminar, mas o acusado não aceitou e vivia atrás dela. Os familiares informaram ainda que ninguém queria o relacionamento e sempre o indagavam sobre o que ele queria com a garota, já que ela tinha idade para ser filha ou até mesmo neta dele. *Quanto ao capitão Castro Mendes, os familiares da adolescente se limitaram a dizer que eram apenas amigos, no entanto, alguns populares que estavam no local e moram próximo informaram que os dois tinham um relacionamento amoroso. *Uma amiga da vítima disse que a adolescente teria ligado para o capitão pedindo que ele a ajudasse. O oficial foi até a casa da vítima e acabou alvejado por Macuxi. *A polícia supõe que ao, chegar na casa, Macuxi encontrou o oficial e já foi atirando. Um outro policial militar, que mora ao lado do local dos crimes, ainda saiu em perseguição ao assassino, mas não conseguiu agarrá-lo. *O crime atraiu a atenção de dezenas de moradores do bairro, que foram para o local na tentativa de ver o corpo da adolescente. A Polícia Militar teve que fazer um cordão de isolamento. O local foi periciado e depois o corpo da jovem foi removido para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). *Várias viaturas da Polícia Militar e agentes da Polícia Civil, como também da Delegacia de Homicídios, iniciaram uma varredura pelo bairro e adjacentes para prender o assassino, mas até às 23h ele ainda não tinha sido localizado.
*Aos leitores, ler com atenção*

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS