69 99981-5823 | 69 3229-8673

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017


Quinta-Feira, 18 de Maio de 2017 às 15:01 - Atualizado em Quinta-Feira, 18 de Maio de 2017 às 15:29

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

GRAMPO - Aécio fala em matar delator antes dele 'delatar', diz Extra da Globo

Joesley Batista entregou à PGR uma gravação que piora de forma descomunal a tempestade que já cai sobre a cabeça de Aécio Neves. No áudio, o presidente do PSDB surge pedindo nada menos que R$ 2 milhões ao empresário, sob a justificativa de que precisava da quantia para pagar despesas com sua defesa na Lava-Jato.

O diálogo gravado durou cerca de 30 minutos. Aécio e Joesley se encontraram no dia 24 de março no Hotel Unique, em São Paulo. Quando Aécio citou o nome de Alberto Toron, como o criminalista que o defenderia, não pegou o dono da JBS de surpresa. A menção ao advogado já havia sido feita pela irmã e braço-direito do senador, Andréa Neves.

Foi ela a responsável pela primeira abordagem ao empresário, por telefone e via Whatsapp (as trocas de mensagens estão com os procuradores). As investigações, contudo, mostrariam para a PGR que esse não era o verdadeiro objetivo de Aécio. 

O estranho pedido de ajuda foi aceito. O empresário quis saber, então, quem seria o responsável por pegar as malas. Deu-se, então, o seguinte diálogo, chocante pela desfaçatez com que Aécio trata o tema:

— Se for você a pegar em mãos, vou eu mesmo entregar. Mas, se você mandar alguém de sua confiança, mando alguém da minha confiança — propôs Joesley.

— Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara. E você vai me dar uma ajuda do caralho — respondeu Aécio.

O presidente do PSDB indicou um primo, Frederico Pacheco de Medeiros, para receber o dinheiro. Fred, como é conhecido, foi diretor da Cemig, nomeado por Aécio, e um dos coordenadores de sua campanha a presidente em 2014. Tocava a área de logística.

Quem levou o dinheiro a Fred foi o diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, um dos sete delatores. Foram quatro entregas de R$ 500 mil cada uma. A PF filmou uma delas.

No material que chegou às mãos de Fachin na semana passada, a PGR diz ter elementos para afirmar que o dinheiro não foi repassado a advogado algum. As filmagens da PF mostram que, após receber o dinheiro, Fred repassou, ainda em São Paulo, as malas para Mendherson Souza Lima, secretário parlamentar do senador Zeze Perrella (PMDB-MG).

Mendherson levou de carro a propina para Belo Horizonte. Fez três viagens — sempre seguido pela PF. As investigações revelaram que o dinheiro não era para advogado algum. O assessor negociou para que os recursos fossem parar na Tapera Participações Empreendimentos Agropecuários, de Gustavo Perrella, filho de Zeze Perrella.

Não há, portanto, nenhuma indicação de que o dinheiro tenha ido para Toron.


Fonte: Extra - Globo.com

Tag's: Rondoniaovivo, delação, delator, Aécio, política, corrupção , dinheiro, propina, notícia

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Polícia | 17:38
IMPRUDÊNCIA: Condutor avança preferencial e deixa motociclista ferido

Rondônia | 17:34
Sindsef promove seminário sobre Políticas Inovadoras para Educação

Rondônia | 17:18
Aélcio da TV indica contratação de professor para Escola Daniel Neri

Itapuã do Oeste | 17:17
Jean acompanha o trabalho das obras da ponte no rio Jamari

Nova Mamoré | 17:12
Airton Gurgacz recebe lideranças do município de Nova Mamoré

Cujubim | 17:07
Ex-prefeito e 'funcionário fantasma' são condenados por improbidade administrativa

Rondônia | 17:05
Deputados buscam saída para atraso de salários na Caerd

Cultura | 16:30
Neste sábado tem chopp geladinho no jantar dançante do Futebol Arena

Capital | 16:48
TEMER: Presidente assina Ordem de Serviço, às 12h, no aeroporto Jorge Texeira, na capital

Política | 16:47
Léo Moraes garante cinquenta vagas a instrutores de fanfarras em projeto social

Nova Mamoré | 16:49
Edson Martins e lideranças garantem dois postos de identificação em Nova Mamoré

Rondônia | 16:32
O engenheiro Zilto

Política | 16:21
Prefeito de Rio Branco é acusado de dar calote em Instituto de pesquisas de RO

Rondônia | 16:17
Temer deve anunciar Ordem de Serviço em Porto Velho, segundo Fecomércio

Rondônia | 16:11
Cedel do bairro Ulisses Guimarães será revitalizado e ganhará campos com gramado

Rondônia | 16:07
Eletrobrás alerta para cuidados com a decoração natalina

Esportes | 16:10
Equipes femininas de Rondônia estreiam com vitórias nos Jogos, em Brasília

Capital | 15:53
Câmara simula palestra para promover projeto contra diversidade de gênero

Rondônia | 15:47
TRT-RO/AC inaugura Centros de Conciliação e apresenta aplicativo JTe

Ji- Paraná | 15:43
Airton Gurgacz parabeniza Ji-Paraná pelo aniversário de 40 anos

Rondônia | 15:42
Deputado fala de trabalho da frente parlamentar que atua com povos indígenas

Colorado do Oeste | 15:40
Por falta de provas, MP arquiva denúncias por abuso de poder contra PMs

Alvorada D´ Oeste | 15:34
MP afasta diretor de hospital que 'fornecia defuntos' para sua própria funerária