69 99353-3037 | 69 3225-5866

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Domingo, 24 de Setembro de 2017


Quinta-Feira, 18 de Maio de 2017 às 15:01 - Atualizado em Quinta-Feira, 18 de Maio de 2017 às 15:29

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

GRAMPO - Aécio fala em matar delator antes dele 'delatar', diz Extra da Globo

Joesley Batista entregou à PGR uma gravação que piora de forma descomunal a tempestade que já cai sobre a cabeça de Aécio Neves. No áudio, o presidente do PSDB surge pedindo nada menos que R$ 2 milhões ao empresário, sob a justificativa de que precisava da quantia para pagar despesas com sua defesa na Lava-Jato.

O diálogo gravado durou cerca de 30 minutos. Aécio e Joesley se encontraram no dia 24 de março no Hotel Unique, em São Paulo. Quando Aécio citou o nome de Alberto Toron, como o criminalista que o defenderia, não pegou o dono da JBS de surpresa. A menção ao advogado já havia sido feita pela irmã e braço-direito do senador, Andréa Neves.

Foi ela a responsável pela primeira abordagem ao empresário, por telefone e via Whatsapp (as trocas de mensagens estão com os procuradores). As investigações, contudo, mostrariam para a PGR que esse não era o verdadeiro objetivo de Aécio. 

O estranho pedido de ajuda foi aceito. O empresário quis saber, então, quem seria o responsável por pegar as malas. Deu-se, então, o seguinte diálogo, chocante pela desfaçatez com que Aécio trata o tema:

— Se for você a pegar em mãos, vou eu mesmo entregar. Mas, se você mandar alguém de sua confiança, mando alguém da minha confiança — propôs Joesley.

— Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara. E você vai me dar uma ajuda do caralho — respondeu Aécio.

O presidente do PSDB indicou um primo, Frederico Pacheco de Medeiros, para receber o dinheiro. Fred, como é conhecido, foi diretor da Cemig, nomeado por Aécio, e um dos coordenadores de sua campanha a presidente em 2014. Tocava a área de logística.

Quem levou o dinheiro a Fred foi o diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, um dos sete delatores. Foram quatro entregas de R$ 500 mil cada uma. A PF filmou uma delas.

No material que chegou às mãos de Fachin na semana passada, a PGR diz ter elementos para afirmar que o dinheiro não foi repassado a advogado algum. As filmagens da PF mostram que, após receber o dinheiro, Fred repassou, ainda em São Paulo, as malas para Mendherson Souza Lima, secretário parlamentar do senador Zeze Perrella (PMDB-MG).

Mendherson levou de carro a propina para Belo Horizonte. Fez três viagens — sempre seguido pela PF. As investigações revelaram que o dinheiro não era para advogado algum. O assessor negociou para que os recursos fossem parar na Tapera Participações Empreendimentos Agropecuários, de Gustavo Perrella, filho de Zeze Perrella.

Não há, portanto, nenhuma indicação de que o dinheiro tenha ido para Toron.


Fonte: Extra - Globo.com

Tag's: Rondoniaovivo, delação, delator, Aécio, política, corrupção , dinheiro, propina, notícia

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Blog de Ponta Cabeça | 11:27
Blogueira Bianca Andrade apresenta “Boca Rosa – A Peça” em Porto Velho

Polícia | 09:51
EMBRIAGADOS: Lei seca na madrugada prende mais de 10 condutores no centro

Polícia | 09:16
Após agressão, adolescente diz que foi abusada por padrasto aos 9 anos e mãe sabia

Polícia | 08:19
GRAVE: Motociclista colide violentamente em táxi durante fuga alucinada no centro

Guajará- Mirim | 08:13
LUTO: Morre no Ceará, ex-prefeito em Rondônia

Polícia | 07:32
ESTUPRO: Vizinho invade apartamento e ataca adolescente de 17 anos

Polícia | 07:28
Jaru: Acidente na “Curva da Morte” deixa uma vítima fatal

Jaru | 07:24
Menores mobilizam PM e Bombeiros para resgate em caixa d’agua

Polícia | 06:40
EXECUÇÃO: Ex- apenado é perseguido e morto com tiro na cabeça

Polícia | 00:00
CRUEL: Dupla invade residência, rende casal e mata morador com tiro na cabeça

Polícia | 23/09/2017 | 20:07
URGENTE: Homem sofre tentativa de homicídio a golpes de faca ao defender mulher

Polícia | 23/09/2017 | 16:26
ROUBO: Agente Penitenciário Federal grita número de placa e suspeitos são presos

Geral | 23/09/2017 | 11:16
Novo terremoto de magnitude 6,2 abala área central do México

Jaru | 23/09/2017 | 11:07
ONÇA: Suposta aparição às margens do rio Jaru deixa população em alerta

Ouro Preto do Oeste | 23/09/2017 | 11:02
Bactéria que teria provocado contaminação em alunos de escola é identificada

Esportes | 23/09/2017 | 10:56
Neste final de semana tem motocross, show e concurso de beleza em Buritis, RO

Rondônia | 23/09/2017 | 10:55
Fim do horário de verão pode ser decidido nas redes sociais

Machadinho | 23/09/2017 | 10:51
Quatro apenados fogem de presídio em Machadinho

Rondônia | 23/09/2017 | 11:23
Senac oferece curso “Reforma Trabalhista e Relações de Trabalho”

Rolim de Moura | 23/09/2017 | 10:44
Sargento da PM é atropelado durante tentativa de abordagem a motociclista

Política | 23/09/2017 | 10:42
Edson Martins assume Presidência da Assembleia Legislativa

Buritis | 23/09/2017 | 10:35
Homem é executado com quatro tiros de espingarda na zona rural

Brasil | 23/09/2017 | 10:30
Poderosa, mulher do traficante Nem, preso em RO, tenta reaver controle da Rocinha