69 99981-5823 | 69 3229-8673

Logo Rondoniaovivo - Notícias, Classificados e Banco de Empregos de Rondônia

Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017


Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017 às 17:11

69 99353-3037 COMUNICAR ERRO

Após decisão de Janot, goleiro Bruno pode voltar à prisão

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu na quarta-feira a revogação da liminar do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), que permitiu a soltura do goleiro Bruno, condenado pela morte de sua ex-namorada Eliza Samudio. Bruno foi solto em 24 de fevereiro e espera o julgamento do habeas corpus na primeira turma do STF.

Além de pedir a revogação da liminar, Janot também indeferiu o pedido de habeas corpus feito pela defesa.

Para Janot, o habeas corpus apresentado pela defesa de Bruno já havia sido negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), não cabendo ao STF dar prosseguimento ao pedido.

O procurador ainda refuta a tese da defesa do goleiro, sobre a demora do julgamento de um recurso no Tribunal de Justiça de Minas Gerais enquanto ele seguia preso.

Janot afirma que a própria defesa tem contribuído para o prolongamento do prazo criminal e que “a duração razoável do processo deve ser deferida à luz da complexidade dos fatos e do procedimento, bem como a pluralidade de réus e testemunhas”

Bruno foi condenado em 2013 pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e também pelo sequestro e cárcere privado do filho. Ele acabou solto em 24 de fevereiro, após cumprir seis anos e sete meses de detenção em regime fechado.

Fora da prisão, Bruno fechou um contrato com o Boa, clube mineiro de Varginha, em 10 de março. O time recebeu inúmeras críticas pela contratação nas redes sociais, nos treinos e até nas partidas disputadas. Com o pedido de Janot, no entanto, o retorno do goleiro aos gramados pode durar menos do que o esperado.


Fonte: Exame

Tag's: Rondoniaovivo, Decisão, Janot, Bruno, Prisão.

GOSTOU DA MATÉRIA, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E FAMILIARES:

69 99353-3037




PUBLICIDADE




Polícia | 17:38
IMPRUDÊNCIA: Condutor avança preferencial e deixa motociclista ferido

Rondônia | 17:34
Sindsef promove seminário sobre Políticas Inovadoras para Educação

Rondônia | 17:18
Aélcio da TV indica contratação de professor para Escola Daniel Neri

Itapuã do Oeste | 17:17
Jean acompanha o trabalho das obras da ponte no rio Jamari

Nova Mamoré | 17:12
Airton Gurgacz recebe lideranças do município de Nova Mamoré

Cujubim | 17:07
Ex-prefeito e 'funcionário fantasma' são condenados por improbidade administrativa

Rondônia | 17:05
Deputados buscam saída para atraso de salários na Caerd

Cultura | 16:30
Neste sábado tem chopp geladinho no jantar dançante do Futebol Arena

Capital | 16:48
TEMER: Presidente assina Ordem de Serviço, às 12h, no aeroporto Jorge Texeira, na capital

Política | 16:47
Léo Moraes garante cinquenta vagas a instrutores de fanfarras em projeto social

Nova Mamoré | 16:49
Edson Martins e lideranças garantem dois postos de identificação em Nova Mamoré

Rondônia | 16:32
O engenheiro Zilto

Política | 16:21
Prefeito de Rio Branco é acusado de dar calote em Instituto de pesquisas de RO

Rondônia | 16:17
Temer deve anunciar Ordem de Serviço em Porto Velho, segundo Fecomércio

Rondônia | 16:11
Cedel do bairro Ulisses Guimarães será revitalizado e ganhará campos com gramado

Rondônia | 16:07
Eletrobrás alerta para cuidados com a decoração natalina

Esportes | 16:10
Equipes femininas de Rondônia estreiam com vitórias nos Jogos, em Brasília

Capital | 15:53
Câmara simula palestra para promover projeto contra diversidade de gênero

Rondônia | 15:47
TRT-RO/AC inaugura Centros de Conciliação e apresenta aplicativo JTe

Ji- Paraná | 15:43
Airton Gurgacz parabeniza Ji-Paraná pelo aniversário de 40 anos

Rondônia | 15:42
Deputado fala de trabalho da frente parlamentar que atua com povos indígenas

Colorado do Oeste | 15:40
Por falta de provas, MP arquiva denúncias por abuso de poder contra PMs

Alvorada D´ Oeste | 15:34
MP afasta diretor de hospital que 'fornecia defuntos' para sua própria funerária