close
logorovivo2

ASFIXIA: Justiça absolve militares acusados de matar aluno do curso de formação

O fato ocorreu em 2013, durante um treinamento na piscina do Colégio Padrão, em Porto Velho

RONDONIAOVIVO

3 de Agosto de 2018 às 14:27

ASFIXIA: Justiça absolve militares acusados de matar aluno do curso de formação

FOTO: (Divulgação)

Os desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Rondônia mantiveram a absolvição de quatro militares do Corpo de Bombeiros, acusados, pelo Ministério Público, como responsáveis pela morte de um aluno do curso de formação da corporação, mesmo após ser socorrido.

 

O fato ocorreu em 2013, durante um treinamento na piscina do Colégio Padrão, em Porto Velho e vitimou Aussiner Dutra Ferreira. Segundo laudo do IML, o aluno morreu por asfixia em decorrência do afogamento.  Para o MP, os bombeiros cometeram abuso ao exceder na carga de exercícios físicos dentro da piscina.

 

O Tribunal apenas manteve a sentença absolutória de 1ª instância, ou seja, não houve provas consistentes de que a vítima e outro aluno que também participou do treinamento “estavam exauridos e sem condições de continuar o exercício” e que foram impedidos de sair da piscina por um dos bombeiros acusados.

 

A ação civil pública por improbidade que tramitou na 2ª Vara da Fazenda Pública teve como réus os bombeiros militares ASP BM Márcio Strauss Nunes de Araújo, SGT BM Jeude de Oliveira Macedo, SGT BM Pedro Paulo Rodrigues Palma e CB MP Lidiana da Silva Neves.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS