close
logorovivo2

Caso Marielle: polícia vai ouvir milicianos e vereador suspeitos

Delator ainda forneceu o número utilizado pelos assassinos da vereadora e do seu auxiliar

NOTÍCIAS AO MINUTO

14 de Maio de 2018 às 10:02

Caso Marielle: polícia vai ouvir milicianos e vereador suspeitos

FOTO: (Divulgação)

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, responsável pela investigação das mortes da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do seu motorista Anderson Gomes, em 14 de março deste ano, vai ouvir esta semana os principais suspeitos no caso. Entre eles estão o vereador Marcello Siciliano e o miliciano Orlando Curicica. Ambos foram deletados por um ex-miliciano como os mandantes do crime.

 

O delator ainda forneceu o número utilizado pelos assassinos da vereadora e do seu auxiliar, conforme relata. Foram coletadas informações de 26 antenas de celulares no percurso percorrido pelo carro em que as vítimas seguiam no dia da execução.

 

Uma suposta conversa gravada pela polícia entre o político suspeito de planejar o crime e o miliciano Curicica foi mostrada pelo programa Fantástico no último domingo (13). No diálogo, eles se tratavam com intimidade. "Te amo, irmão", teria dito o político antes de desligar o telefonema.

 

O vereador emitiu nota negando qualquer participação nas mortes. Siciliano já havia sido ouvido pela Delegacia de Homicídio antes da delação do ex-miliciano vir à tona, no início de abril.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS