close
logorovivo2

CASO CHICO PERNAMBUCO: Justiça não acata pedido e mantém data do júri

Para a juíza, o pedido dos advogados está “cercado de zelo”, mas argumenta que o adiamento trará prejuízos aos réus que estão presos

DA REDAÇÃO

14 de Novembro de 2017 às 09:52

CASO CHICO PERNAMBUCO: Justiça não acata pedido e mantém data do júri

FOTO: (Divulgação)

O juízo da 1ª Vara do Tribuna do Júri de Porto Velho manteve o julgamento dos acusados do assassinato do prefeito Chico Pernambuco, marcado para os dias 27 e 29 de novembro, negando o pedido de adiamento feito pelos advogados dos réus.

Para a juíza Kerley Regina Ferreira de Arruda Alcântara, o pedido dos advogados está “cercado de zelo”, mas argumenta que o adiamento trará prejuízos aos réus que estão presos há mais de 250 dias, e que a próxima reunião do júri  está prevista para ocorrer após o Carnaval de 2018.

@VEJAMAIS

Na mesma decisão publicada no Diário Oficial da Justiça, a juíza não acatou o arrolamento do perito Leonardo Barreto Cunha como testemunha do Ministério Público no processo, já que, nesse caso, ele suporta os mesmos impedimentos  jurídicos dos juízes por ter já atuado no processo.

Confira as decisões na íntegra;

Proc.: 1005094-79.2017.8.22.0501

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS