close
logorovivo2

Condenada dupla que iria vender armamento para garimpeiros e índios da Roosevelt

As armas apreendidas serão levadas ao Exército Brasileiro.

DA REDAÇÃO

17 de Outubro de 2017 às 08:49

Condenada dupla que iria vender armamento para garimpeiros e índios da Roosevelt

FOTO: (Divulgação)

O Juízo da 2ª Vara Criminal de Cacoal condenou Adenildo Teixeira Alecrim e Gustavo de Souza Abreu a penas distintas pela posse indevida de armamentos que seriam vendidos a garimpeiros e índios da região do garimpo de diamantes da Reserva Roosevelt, divisa com Espigão D`Oeste.

Adenildo, que é reincidente no crime, pegou uma pena de 06 anos e 06 meses, no regime fechado, mais pagamento de multa de R$ 998; Já Gustavo pegou 06 anos e 07 meses, também no regime fechado, além de pagamento de multa no valor de R$ 687. As armas apreendidas serão levadas ao Exército Brasileiro.

O crime

A dupla foi presa na madrugada do dia 23 de junho pela Polícia Militar (Núcleo de Inteligência do 4º BPM), após denúncias de que um apenas “em regime condicional” pretendia comercializar armas de fogo com garimpeiros e índios da reserva de diamantes.

Uma campana foi montada e logo os policiais avistaram os suspeitos saindo de uma residência localizada na Rua Almirante Barroso, bairro Novo Horizonte, em Cacoal, em uma motocicleta Yamaha Factor, de cor azul, placa NCM-7106.

Com o apoio de uma Guarnição da PTRAN, os suspeitos foram abordados. Com eles, foi encontrado uma espingarda calibre 36, desmontada. Já na casa de Gustavo, os Policiais encontraram várias espingardas de diversos calibres, três revólveres, duas garruchas e munições.

Os três revólveres estavam enterrados em uma construção e só foi localizado graças ao bom faro do cão “Fanny”, especialista em farejar drogas e explosivos do Canil do 4ª BPM.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS