close

DESABAFO: “Não posso dar o que não recebi: amor", diz filha de senhora "abandonada"

A mulher diz que foi abandonada aos sete anos pela mãe

FOLHA DO SUL ONLINE

16 de Novembro de 2019 às 09:32

DESABAFO: “Não posso dar o que não recebi: amor", diz filha de senhora "abandonada"

FOTO: (Divulgação)

Viralizou nas redes sociais, esta semana, a foto de uma idosa supostamente abandonada, na porta do Hospital Regional de Vilhena. Ao comentar o caso, internautas chegaram a criticar os filhos da mulher, atribuindo a eles a situação de penúria da personagem.


 
Foi aí que uma enfermeira de 34 anos resolveu rebater as acusações de quem sequer lhe conhece: ela esclareceu que a idosa é sua mãe, mas a história julgada por tantos é bem diferente do que os autores das críticas imaginam.


 
Em conversa com o site, a profissional de Saúde disse que foi abandonada pela mãe, quando o marido dela (e pai da enfermeira) morreu, 27 anos atrás. A família morava em Comodoro (MT), e o patriarca, que trabalhava em lavouras, faleceu de tétano.


 
Depois disso, minha mãe vendeu tudo que a gente tinha, inclusive a casa, deixou cada um de nós com um parente e caiu no mundo”, contou a entrevistada, revelando que os seis irmãos só não perderam contato porque foram criados um perto do outro. Hoje, além de enfermeira, há um policial e uma comerciante entre os órfãos.


 
Sobre o desabafo feito para rebater os que a julgam, a mulher explicou que todos os filhos tentaram ajudar a mãe: “mas ela gosta é de beber, fumar e fazer vergonha na gente. Já levamos ela em médicos, e não tem doença nenhuma. Minha mãe se vitimiza e mente para todo mundo que foi abandonada pelos filhos”.


 
A mulher, que frequentemente está na porta do hospital, mora numa chácara, na casa de uma irmã. Segundo a filha, ela é bem tratada, mas vive fugindo e “dando escândalo” na cidade, após suas costumeiras bebedeiras.


 
Não posso dar a ela o que não recebi, que é amor. Fui abandonada ao 7 anos, e me esforcei muito na vida, assim como meus irmãos. Eu acho que a gente deve ajudar é quem quer ser ajudado”, finalizou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS