close

CONFUSÃO: Casal é detido após sair de festa e mulher tenta pegar arma de policial

Educadora de 38 anos estava abraçada a árvore quando polícia chegou

FOLHA DO SUL ONLINE

27 de Setembro de 2019 às 09:09

CONFUSÃO: Casal é detido após sair de festa e mulher tenta pegar arma de policial

FOTO: (Divulgação)

Na manhã desta sexta-feira (27) um casal de Cerejeiras foi conduzido à Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) de Vilhena após a mulher, uma professora de 38 anos, ser encontrada abraçada em uma árvore, depois de ela e o esposo terem saído de uma festa que disseram ser “regada a bebida e cocaína”.


 
A Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, disse que encontrou a mulher ainda abraçada com a árvore, enquanto seu esposo, que tem 48 anos, tentava fazer com que ela soltasse o tronco para entrar novamente no carro do casal. No local, a educadora relatou que eles estão em crise no casamento e que vem recebendo ameaças do marido.


 
Ainda seu relato, a mulher disse que, na noite anterior, tinham frequentado uma festa regada a álcool e cocaína, mas, seu esposo teve uma crise de ciúmes. Sendo assim, eles deixaram o evento e, durante o caminho para casa, a mulher saltou do carro e saiu correndo pela rua até se abraçar com a árvore.


 
Ambos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil e a filha do casal foi chamada para acompanhar o registro da ocorrência. Mas, a professora tentou enrolar o pescoço com um cabo de rede de computador da delegacia e, em seguida, quis pegar a arma do policial.


 
Diante disso, foi preciso o uso de algemas para contê-la. Em seguida, ela foi encaminhada ao Hospital Regional de Vilhena por uma unidade do Corpo de Bombeiros. Já o homem, ficou detido na Unisp.
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS