close

REVOLTA: Vídeo mostra gritaria em presídio onde presos estariam amotinados há quatro dias

Detentos não respondem chamada nominal e ficam sem banho de sol

FOLHADOSULONLINE

8 de Julho de 2019 às 17:22

Estão circulando em grupos de WhatsApp, alguns vídeos mostrando a tensão no presídio Cone Sul, em Vilhena, onde um grupo de apenados está amotinado desde a última quinta-feira, 04. As imagens mostram alguns detentos no pátio, enquanto gritos são ouvidos do lado de dentro da unidade.



O Folha do Sul Online confirmou, junto a um agente penitenciário, que o motim, de fato, acontece no local há quatro dias. O profissional de segurança pública, porém, explicou que o ato é diferente de rebelião. “Eles gritam e se recusam a sair das celas, o que é comum, mas não há nenhum ato de violência”.



O agente penitenciário acrescentou que, além de não saírem das celas, os detentos não respondem à chamada nominal e, por isso, nenhuma atividade pode ser feita, o que inclui o banho de sol. “Essa é uma opção deles, pois todos sabem as regras”.



Segundo a familiar de um dos presos, o motim seria motivado pelos castigos aplicados aos detentos, que estariam sem energia e impedidos de receber produtos levados pelas família.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS