close
logorovivo2

OUSADO: “Eu tenho nojo da polícia”, dispara homem preso acusado de roubo com reféns

O Núcleo de Inteligência da Polícia Militar encontrou o procurado em frente sua casa, na companhia de outros dois rapazes

FOLHADOSULONLINE

8 de Maio de 2019 às 10:09

OUSADO: “Eu tenho nojo da polícia”, dispara homem preso acusado de roubo com reféns

FOTO: (Divulgação)

Quatro pessoas foram levadas para a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública) na noite de terça-feira, 08, em Vilhena, sendo que contra um deles já havia um mandado de prisão. O homem era suspeito de participar de um roubo com cárcere privado em Vilhena e foi capturado no Residencial União.



O Núcleo de Inteligência da Polícia Militar encontrou o procurado em frente sua casa, na companhia de outros dois rapazes, de 18 e 27 anos. No momento da abordagem, ele ainda tentou fugir e seus amigos avançaram para cima dos policiais. O rapaz cujo o mandado estava em seu nome reagiu com socos e pontapés contra a policia, agredindo fisicamente um cabo e um sargento, que ficou com um dos pulsos inchado.



Durante o caminho para a Unisp, o detido dirigia aos policiais palavras de baixo calão como: “seus policiaizinhos de merda, “eu tenho nojo da polícia”, “policiazinha vagabunda”.



O conduzido foi reconhecido como um dos agentes de roubo com cárcere privado que aconteceu em Vilhena, e disse que parte do ouro que ele roubou estava com uma mulher. Com a informação, a polícia foi até a casa da suspeita, que confirmou ter enterrado o metal no quintal, mas que o autor do roubo já tinha ido buscar um dia antes de ser preso, e que vendeu por R$ 400.



Sendo assim, todos os envolvidos foram levados para a Unisp. Os amigos do rapaz cujo mandado estava sem seu nome assinaram o Termo Circunstanciado de Ocorrência, já ele foi encaminhado para a Casa da Cidadania. Em seu nome já havia um mandado de busca e apreensão quando ainda era menor de idade.
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS