close
logorovivo2

LAMENTÁVEL: Advogada grávida morre após perder o bebê

Dani Suchi estava internada desde a quinta-feira, com suspeita de dengue

FOLHA DO SUL

24 de Dezembro de 2018 às 08:31

LAMENTÁVEL: Advogada grávida morre após perder o bebê

FOTO: (Divulgação)

Faleceu por volta das 16:00h deste sábado, 22, na UTI do Hospital Regional de Vilhena, aos 25 anos, a advogada Daniela Suchi Balbino. Ela era filha do vereador Carlos Suchi (Podemos) e estava internada desde a quinta-feira, 20. Grávida de 8 meses, Dani sofreu um aborto horas antes do falecimento.



O FOLHA DO SUL ON LINE conversou com uma tia da advogada, que revelou: com um quadro de febre e fortes dores de cabeça, Daniela deu entrada no HR com suspeita de dengue. Ela chegou a fazer vários exames, mas os resultados não foram divulgados.
 

Conforme a familiar, ontem à noite, o quadro da jovem se agravou e, hoje, um ultrassom comprovou que o bebê que ela esperava estava morto. Uma cesariana de emergência foi feita para a retirada do feto. A paciente sofreu intensa hemorragia e foi levada para a UTI. Apesar da gravidade do quadro dela, Dani conversou com a tia e o marido, que a visitaram por volta do meio-dia.
 

A entrevistada pelo site disse que a família não foi informada de que a causa da morte da jovem tenha decorrido de eclampsia, uma complicação que atinge gestantes e pode levar à morte, como tem sido divulgado na imprensa. O que foi informado é que um descolamento de placenta teria provocado o aborto.
 

O corpo de Daniela, que era mãe de um garotinho de um ano e meio, será velado na Igreja Batista Videira, no centro da cidade, e sepultado ocorrerá nesta segunda-feira, em horário ainda não definido.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS