close
logorovivo2

DESAPARECIDO: Familiares procuram homem que morava em Nova Brasilândia d'Oeste

A família diz que faz 30 anos que seu parente não deu mais notícias. Eles moravam em Nova Brasilândia d'Oeste, interior do estado.

DA REDAÇÃO

17 de Dezembro de 2018 às 16:03

DESAPARECIDO: Familiares procuram homem que morava em Nova Brasilândia d'Oeste

FOTO: (Divulgação)

 

O Rondoniaovivo.com foi procurado pela sua rede social, por Ana Denise, que reside em Belo HOrizonte (MG), onde ela comunica que sua avó residia no estado de Rondônia a 30 anos atrás. Ela relata que o filho mais velho de sua avó, seu tio de nome Orlando Martins de Oliveira, saiu para trabalhar em uma mina, e vinha para casa de vez em quando. O tempo passou e a avó foi embora do estado e ocorreu o desencontro.

 

A família não sabe o paradeiro de Orlando que hoje deve ter 54 anos de idade, filho de Geralda de Oliveira Costa e Joaquim Martins da Costa. Desapareceu em Rondônia na época que a família morava na cidade de Nova Brasilândia d’Oeste, próximo á Rolim de Moura, Zona da Mata do Estado. Ele nasceu no Espírito Santo.

 

Sua mãe e seus irmãos estão vivos e anseiam por um reencontro. Suas irmãs são Ivanilde, Ivonete, Maria e Suely. Seus irmãos são: Milton e Nivaldo. Hoje a família reside em Belo Horizonte, Minas Gerais e qualquer informação pode ser passada pelo telefone: (031) 99578-9553, com Ana Denise, sobrinha de Orlando.

 

 

FOtos enviadas pela família de Orlando Martins de Oliveira.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS