close

Polícia divulga imagem de autônomo acusado de estuprar adolescentes

A delegada Solangela explicou que o primeiro contato com as vítimas aconteciam na casa de Carlos Lima, e que o acusado aproveitava da proximidade que os meninos tinham com o filho dele para coagi-los.

FOLHADEVILHENA

17 de Abril de 2018 às 09:56

Polícia divulga imagem de autônomo acusado de estuprar adolescentes

le é acusado de coagir e estuprar dois adolescentes de 14 e 16 anos, em Vilhena, no Cone Sul do Estado. FOTO: (Divulgação)

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) divulgou na manhã desta segunda-feira (16), a foto do autônomo Carlos Lima Loiola de 48 anos, que foi preso na última sexta-feira (13) acusado de coagir e estuprar dois adolescentes de 14 e 16 anos, em Vilhena, no Cone Sul do Estado.

 

De acordo com a delegada Solângela Guimarães, o primeiro caso foi registrado no dia 18 de março, a vítima de 16 anos relatou que Carlos Lima usava meios de intimidar o adolescente para que mandasse fotos íntimas, e depois de conseguir ameaçava à vítima a praticar relações sexuais.

 

Já o segundo caso foi registrado no dia 5 de abril, a vítima de 14 anos relatou que os abusos começaram há dois anos e que Carlos Lima usava fotos de internet para dizer que eram do adolescente. A vítima contou ainda que o acusado ameaçava divulgar as imagens se o adolescente não mandasse fotos íntimas e praticasse relações sexuais com ele.

 

A delegada Solangela explicou que o primeiro contato com as vítimas aconteciam na casa de Carlos Lima, e que o acusado aproveitava da proximidade que os meninos tinham com o filho dele para coagi-los. Além disso, os abusos também ocorriam na residência.

 

Ainda, segundo a delegada, mais duas vítimas estão sendo investigadas pela polícia e acredita que com a prisão de Carlos Lima Loiola mais casos de adolescentes que sofreram abusos sexuais sejam denunciados.

 

O acusado que foi preso na última sexta-feira, 13, foi indiciado duas vezes pelo crime de estupro e uma por estupro de vulnerável já que uma das vítimas tinha apenas 12 anos quando os abusos começaram.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS