close
logorovivo2

Eletricista é morto a tiros enquanto retornava de pescaria

Homem foi atingido com vários disparos na região da cabeça. Caso aconteceu no sábado (17), mas só foi registrado nesta segunda-feira (19).

GLOBO.COM

20 de Fevereiro de 2018 às 09:37

Eletricista é morto a tiros enquanto retornava de pescaria

FOTO: (Divulgação)

Um eletricista de 41 anos foi morto a tiros na noite de sábado (17) enquanto retornava de uma pescaria no distrito de Izidolândia, em Alta Floresta D’Oeste (RO), município da Zona da Mata. O homem foi atingido com vários disparos na região da cabeça. Apesar do homicídio ter ocorrido no fim de semana, o registro da ocorrência só foi realizado nesta segunda-feira (19).

 

No momento do crime, a vítima estava acompanhada de um homem de 37 anos, que com medo correu e se escondeu na mata, onde permaneceu até que o dia amanhecesse para sair e pedir ajuda.

 

Aos policiais militares, a esposa da vítima contou que o marido havia saído de casa por volta das 17h de sábado, acompanhado da testemunha para pescarem, tendo dito que retornariam em algumas horas. Somente na manhã de domingo (18), por volta das 5h30, o companheiro de pescaria do marido chegou na residência informando que o esposo dela havia sido morto.

 

Relato da testemunha

 

Em contato com a testemunha, o homem contou aos policiais que ele e a vítima estavam retornando da pescaria por volta das 18 ou 19 h e, em uma certa altura da estrada havia uma madeira atravessada na via, impedindo a passagem. Ele ainda se prontificou a descer e retirar, porém a vítima, que estava dirigindo o carro, disse que não precisava. Como a madeira não era tão grossa, passaria por cima com o veículo.

 

Ao passar os pneus da frente pela madeira, a testemunha relatou aos policiais ter ouvido um forte estrondo e acreditou que um dos pneus havia estourado. Mas logo sentiu um cheiro de pólvora e olhou para o eletricista que estava com as duas mãos no rosto.

 

A testemunha contou que ainda tentou tirar as mãos do homem para ver se estava bem, e nesse momento ouviu outro disparo, que provavelmente também tenha atingido a vítima.

 

Nesse momento, a testemunha saiu do carro e percebeu um vulto passando por trás do veículo, que estava desligado, com as luzes dos faróis acesas e som ligado em volume alto. Ele disse que começou a correr em direção a frente do carro e, cerca de 40 metros depois, entrou em uma mata.

 

Durante o tempo em que estava correndo, o homem disse ter ouvido outro disparo. Foi quando começou a caminhar na mata e decidiu tirar a calça e as botas que estava usando para evitar de ser ouvido.

 

A testemunha passou a noite escondida no local. No boletim de ocorrência consta ainda que durante a noite ouviu mais um disparo vindo da direção do carro.

 

Ao irem para o local, os policiais encontraram a vítima morta. O homem foi atingido com vários disparos de arma de fogo na lateral esquerda do rosto e na parte traseira da cabeça, onde haviam várias perfurações.

 

A perícia esteve no local colhendo provas que poderão ajudar na investigação. O crime de homicídio foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Alta Floresta D’Oeste.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS