close

PARCERIA: Educação Empreendedora para ensino médio deve acontecer em 2020

Secretário da Seduc esteve reunido no Sebrae em Rondônia para detalhes da parceria

ASSESSORIA SEBRAE

10 de Fevereiro de 2020 às 09:29

PARCERIA: Educação Empreendedora para ensino médio deve acontecer em 2020

FOTO: (ASSESSORIA)

Em reunião nesta sexta (7), na sede do Sebrae em Rondônia, o secretário de estado de educação, Suamy Lacerda Abreu avançou nas tratativas para aplicação da metodologia de educação empreendedora para o ensino médio nas escolas estaduais em 2020.

 

Recepcionado pelo diretor técnico Samuel Almeida, o secretário conheceu detalhamentos de como o programa é aplicado, como os professores são capacitados, bem como as necessidades de estrutura e recursos para o bom desenvolvimento do programa.

 

O governador Coronel Marcos Rocha tem procurado colocar também a educação em primeiro plano, com investimentos e gestão eficiente. Privilegiamos a segurança da teoria e de pensar e agir de maneira positiva. Este projeto pode perfeitamente ser integrado às escolas Novo Tempo e do Novo Ensino Médio, especialmente como piloto. O Governador quer o empreendedorismo nas escolas estaduais. ”, disse o secretário Suamy.

 

Segundo Samuel Almeida, a aproximação entre Sebrae e Governo de Rondônia trará muito benefícios: “A ideia aqui é oferecer não apenas um produto que potencializará o comportamental dos alunos e professores mas avançar na disseminação da cultura empreendedora com a atuação em conjunto do Sebrae e Governo do Estado através da Seduc. Estão de parabéns o governador, o secretário e equipe que estão sensíveis e poderão proporcionar tantos avanços a partir da educação”, comemorou.

 

O programa deverá ser desenvolvido a princípio através do projeto Crescendo e Empreendendo, que os jovens para os desafios do mundo do trabalho, instigando-os a identificar oportunidades de negócio, reflexões sobre empreendedorismo e ingresso na vida profissional. Quanto à metodologia, é formatado com encontros vivenciais de 12 horas. “Ao participar desta ação, o jovem passa a ter conhecimento sobre o universo do empreendedorismo e planeja seu futuro por meio de atitudes empreendedoras”, observa a analista técnica do Sebrae Rita de Cássia.

 

Na semana seguinte as equipes técnicas de Sebrae e Seduc estarão juntas para alinhamentos finais e prosseguimento da iniciativa. Devem ser criados critérios para escolha das escolas participantes bem como detalhamento de recursos a serem investidos no projeto.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS