close

PROTESTO: “Hildon Chaves quer destruir o IPAM”, afirma servidora da prefeitura

Sem receber, médicos e clinicas passaram a não atender pacientes pelo IPAM e a situação se complicou de vez

DA REDAÇÃO - JOÃO PAULO PRUDÊNCIO

15 de Janeiro de 2020 às 09:23

PROTESTO: “Hildon Chaves quer destruir o IPAM”, afirma servidora da prefeitura

FOTO: (Divulgação)

Servidores da prefeitura de Porto Velho realizaram uma manifestação na manhã desta quarta-feira (15) em frente à sede da unidade do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho – IPAM, para cobrar medidas que impeçam o desmantelamento desse serviço que disponibiliza consultas médicas, cirurgias, além de outros serviços da área para os funcionários e familiares.

 

Desde o ano de 2019 o IPAM vem tendo sua estrutura e serviços precarizados. Sem receber, médicos e clinicas passaram a não atender pacientes pelo IPAM e a situação se complicou de vez.

 

 

Para a servidora municipal Ana Souza, existe uma movimentação para acabar com o IPAM e fazer com que os servidores percam um de seus poucos benefícios. “Nossa revolta é porque todo mês nosso dinheiro é descontado aqui e não tem atendimento. Nosso IPAM está acabado e ainda querem vender esse terreno”, afirmou.

 

De acordo com o prefeito Hildon Chaves (PSDB) o problema do IPAM é que a conta não fecha entre o dinheiro que entra e o numero de pessoas que utilizam o convênio do IPAM, para ele, ou a contribuição aumenta ou a cobertura diminui.

 

O fato é que a prefeitura não vem pagando os parceiros do IPAM e acumulando uma dívida considerável, a inadimplência com algumas unidades de saúde já chega há seis meses.

 

Considerado um dos maiores patrimônios do servidor publico portovelhense, o IPAM, criado pelo então prefeito Chiquilito Erse corre sério risco de fechar as portas.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS