close

EVENTO NA OAB: Porto Velho torna-se “palco” de amplo debate sobre a importância das hidrovias

De acordo com o presidente da Fenavega, Raimundo Holanda,o evento faz ressaltar a relevância da navegação interior do Brasil, a qual possui inúmeras vantagens

ASSESSORIA

14 de Novembro de 2019 às 11:55

EVENTO NA OAB: Porto Velho torna-se “palco” de amplo debate sobre a importância das hidrovias

FOTO: (Divulgação)

A segunda edição do evento “Porto Velho Capital da Navegação” aconteceu no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Rondônia (OAB/RO) no dia 07 de novembro, com a participação de representantes de sindicatos, poder público e sociedade civil organizada. O evento, organizado pela Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária (Fenavega) com apoio da Sociedade de Hidrovias e Portos do Estado de Rondônia (Soph) teve como objetivo debater a importância da navegação para o Brasil, levando-se em consideração o potencial da região, e encontrar meios para fortalecê-la.

 

 De acordo com o presidente da Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária (Fenavega), Raimundo Holanda,o evento faz ressaltar a relevância da navegação interior do Brasil, a qual possui inúmeras vantagens. “A navegação interior tem custo mais barato, emite menos CO2, é mais segura e tem menor custo de manutenção”, explicou. Holanda disse ainda que é fundamental um debate a respeito de uma solução para problemas como a dragagem e o assoreamento do rio Madeira. “A navegação é estratégica para o desenvolvimento do Brasil, e ressaltou a importância da classe política de nosso Estado lutar por melhorias para este setor”, completou.

 

O diretor de Operações e Fiscalizações da Soph, Fernando Cesar Ramos, representou o presidente da instituição, Amadeu Hermes Santos da Cruz. Na ocasião, enfatizou que a Soph está empreitando todos os esforços para ampliar e melhorar as condições de navegabilidade e utilização das hidrovias, especialmente no rio Madeira. A diretoria tem atuado de modo que todos os fluxos das operações sejam implementados. Conforme Fernando César, a Soph conta com o apoio do Governo Estadual e alguns fomentos do Governo Federal para investimentos em novos portos na região. Entretanto, a meta o momento em que a Soph consiga independência e com recursos próprios contribuir com o estado de Rondônia. “Agradeço e enalteço o evento tem um significado novo, diferente e tenta consolidar esse mesmo significado perante o estado e a economia”, completou o diretor da Soph.

 

O presidente da OAB/RO, Elton Assis, aproveitou a oportunidade para enaltecer os organizadores pelo evento. Ele lembrou que a Ordem estabelece, em seu estatuto, artigo 44, a defesa dos interesses da sociedade. Segundo ele, o desenvolvimento de meios para o escoamento da produção é um interesse comum que vai beneficiar a todos. Portanto, além de dar prioridade à melhoria das estradas, é necessária uma atenção especial para as condições das hidrovias e ferrovias. “Rondônia tem grande potencial para isso e precisamos de meios mais adequados para escoar a nossa produção, portanto, o transporte hidroviário é fundamental para o crescimento do estado”, finalizou.

EVENTO NA OAB: Porto Velho torna-se “palco” de amplo debate sobre a importância das hidrovias

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS