close

MOBILIDADE URBANA: Van compartilhada será o novo serviço para a comunidade de Porto Velho

O grande entrave que pode impedir a colocação das vans nas ruas de Porto Velho é a legislação do município

RONDONIAOVIVO - JOÃO PAULO PRUDÊNCIO

3 de Outubro de 2019 às 10:30

MOBILIDADE URBANA: Van compartilhada será o novo serviço para a comunidade de Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

Sofrendo há mais de uma década com um serviço de transporte público incapaz de suprir a demanda que a cidade requer, o cidadão portovelhense viu surgir diversas alternativas de mobilidade urbana, entre elas o táxi compartilhado, que supriu, ao menos em parte, um pouco dessa necessidade.

 

Porém, um novo serviço está pronto para ser colocado à disposição da comunidade, trata-se da van compartilhada. Em tese, o serviço vai atender grupos de pessoas que precisam se deslocar na cidade. Na prática, deve funcionar nos moldes do táxi compartilhado, fazendo linhas pertencentes aos ônibus coletivos, que não conseguem atender a demanda a população.

 

A utilização de vans por aplicativo para a mobilidade urbana já é utilizada na cidade de Goiânia, em Góias; e nas cidades de Amsterdã (Holanda), Nova York (Estados Unidos) e Washington (Estados Unidos). Esse serviço também é encontrado em alguns países da Ásia, da Europa e no Canadá.

 

Uma reunião chegou a ser realizada na última semana com representantes das vans que serão colocadas nas ruas da cidade e da Secretaria Municipal de Transportes. Ao que tudo indica, em breve o serviço já estará à disposição dos munícipes.

 

Legalidade e conflito

 

O grande entrave que pode impedir a colocação das vans nas ruas de Porto Velho é a legislação do município, que não contempla essa modalidade como atividade de serviço de transporte público.

 

Mas, o principal argumento de quem é a favor desse serviço é o táxi compartilhado, que mesmo não tendo passado pelo crivo da lei, já é um serviço reconhecido pela Câmara de Vereadores. Atualmente os profissionais dessa categoria desempenham suas atividades sem muito problema.

 

Para a população da capital, a nova alternativa de transporte é bem-vinda, especialmente, em regiões onde as opções de locomoção em transporte coletivo são poucas e se tornaram sinônimo de sofrimento.

 

Na última semana a Prefeitura de Porto Velho iniciou os trabalhos para licitar a empresa que irá prestar o serviço de transporte coletivo na cidade, o que pode impedir a ideia das vans.  Enquanto isso os moradores da capital aguardam o desenrolar da situação, com a expectativa de que as coisas se resolvam e principalmente melhorem.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS