close

DESTAQUE NA JOVEM PAN: Senador Marcos Rogério reforça posição contra a CPI da Lava Toga

“É um risco grave”, disse o congressista levando o momento por que passa o Brasil

RONDONIADINAMICA

18 de Setembro de 2019 às 15:08

DESTAQUE NA JOVEM PAN: Senador Marcos Rogério reforça posição contra a CPI da Lava Toga

FOTO: (Divulgação)

Na última terça-feira (17), o Jornal da Manhã, veiculado pela Jovem Pan, repercutiu a fala do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes acerca da possível instauração da CPI da Lava Toga.

 

Mendes disse que a CPI em questão seria inconstitucional, não teria o condão de produzir resultados práticos e terminaria arquivada pelo próprio STF, que, por sua vez, mandaria trancá-la.

 

A Jovem Pan, então, expôs pronunciamentos de alguns senadores da República sobre as falas do ministro.

 

 

Jorge Kajuru, do Patriota-GO; Eduardo Girão, do Podemos-CE; e Marcos Rogério, do DEM rondoniense, falaram acerca do tema.

 

Marcos Rogério, que deu o primeiro grande golpe contra a CPI da Lava Toga em abril deste ano após se posicionar contrário ao pleito na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), reforçou sua concepção adversa à ideia de instauração.

 

Ele não quer que os ministros do STF sejam investigados porque entende não ser o momento mais propício.

 

A fala recortada pelo Jornal da Manhã, no entanto, não esclarece se o congressista diz, em outra passagem do pronunciamento, quando seria, então, o momento propício para deflagrar a Lava Toga.

 

“E no momento como este que o Brasil está vivendo é um risco grave se abrir um procedimento [como a CPI da Lava Toga”.

 

Confira abaixo a fala de Marcos Rogério inserida à integra da reportagem veiculada pela Jovem Pan:

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS