close

INCERTO: Hildon Chaves nega ajuda da Unir e prova para Conselho Tutelar é adiada

Por esse motivo, Porto Velho pode não ter eleição para escolha de conselheiros

RONDONIAOVIVO

22 de Agosto de 2019 às 15:38

INCERTO: Hildon Chaves nega ajuda da Unir e prova para Conselho Tutelar é adiada

FOTO: (Divulgação)

O rumo que o Conselho Tutelar de Porto Velho terá a partir de janeiro de 2020 está incerto. Isso se deve ao fato de a Prefeitura de Porto Velho não dar andamento aos processos de seleção dos conselheiros que irão compor o próximo quadro de trabalho.

 

A escolha dos conselheiros tutelares municipais é promovida em três etapas: apresentação de documentos, prova escrita e eleição. Acontece que a municipalidade não conseguiu dar andamento aos trâmites necessários à realização da prova, que está marcada para o próximo domingo (25), e sequer existe empresa contratada para a sua aplicação.

 

As eleições unificadas para o Conselho Tutelar de cada município brasileiro ocorrerá, conforme designação legal, no dia 06 de outubro deste ano, mas a cada dia que passa fica mais difícil da capital rondoniense cumprir essa meta.

 

A data da prova já foi cancelada em duas oportunidades pelo Poder Executivo portovelhense.

 

Negou ajuda

 

Pelas redes sociais, o professor Vinicius Miguel, manifestou a preocupação da sociedade em relação a esse grave problema e relatou que seus colegas da Universidade Federal de Rondônia – Unir, ofereceram ajuda à prefeitura na elaboração da prova. No entanto, a ajuda foi rejeitada pela equipe de Hildon Chaves (PSDB).

 

Até voluntários, que são docentes da Universidade Federal de Rondônia, se dispuseram a contribuir para elaborar a prova para evitar maiores adiamentos e outros prejuízos. A Semasf (Secretaria Municipal de Assistência da Família) rejeitou a oferta de apoio gratuito, resultando em mais um adiamento”, escreveu Vinicius Miguel.

 

Contrassenso

 

A recusa de um apoio de professores da principal universidade do Estado na elaboração das provas colide frontalmente com o discurso de Hildon Chaves durante o período eleitoral, quando afirmava em reuniões, debates e entrevistas que prezaria por parcerias que minimizassem os custos da máquina pública através de parcerias.

 

A reportagem buscou contato com os representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família – Semasf, porém não foi obtido resposta.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS