close

SEM PERDÃO: Multas não serão anistiadas e táxi compartilhado só no app, diz Hildon Chaves

De acordo com ele, os táxis canibalizam o serviço dos ônibus coletivos.

RONDONIAOVIVO

7 de Agosto de 2019 às 10:28

SEM PERDÃO: Multas não serão anistiadas e táxi compartilhado só no app, diz Hildon Chaves

FOTO: (Divulgação)

Nesta última terça-feira (6), o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), falou sobre a situação dos motoristas de táxi compartilhados multados pelos agentes de trânsito municipais nos últimos meses pelas ruas da cidade.

 

De acordo com Chaves não haverá anistia das multas, que em alguns casos chegam à quase R$ 1 mil. Valor alto para esses trabalhadores que buscam uma forma de gerar renda após a quebra do serviço com a chegada dos aplicativos de mobilidade.

 

Anistia de multa não tem jeito. Tá multado, tá multado! Eu entendo que a lei é para ser cumprida, não recebo pressão política nesse ponto. No dia que eu anistiar uma multa, perde a confiança o prefeito de Porto Velho”, garantiu Hildon Chaves.

 

O prefeito também garantiu que nas ruas de Porto Velho os táxis compartilhados continuam proibidos de embarcar passageiros nos pontos de ônibus. De acordo com ele, isso canibaliza o serviço dos ônibus coletivos.

 

Não pode pegar passageiros no ponto de ônibus. Se pegar vai ser multado. Táxi compartilhado é permitido, porém apenas por aplicativo”, afirmou Hildon Chaves.

 

Recentemente a Câmara de Porto Velho aprovou o Projeto de Lei que regulamenta a identificação dos veículos que realizam o serviço de táxi compartilhado. Porém, com esse posicionamento do prefeito, os motoristas mais uma vez foram jogados na marginalidade, já que grande parte atua pegando passageiros nas ruas e não por aplicativo.

 

Uma mobilização da categoria na busca da anistia das multas aplicadas e validação da atividade estão sendo articulada.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS