close

MORRENDO: Sem estrutura Feira do Porto desanima comunidade

A falta de uma agenda cultural também é outro fator que tem afastado a população do local

RONDONIAOVIVO

9 de Julho de 2019 às 14:57

MORRENDO: Sem estrutura Feira do Porto desanima comunidade

FOTO: (Divulgação)

A tradicional Feira do Porto, realizada todo domingo na Praça Aluízio Ferreira, no bairro Caiari, na região central de Porto Velho, está deixando muito a desejar nos últimos anos. Ao menos esse é o ponto de vista de grande parte da comunidade que busca o local como alternativa de passeio familiar.

 

De acordo com a comunidade, a falta de banheiro químico para os usuários do espaço é um grande problema, que vem desmotivando as pessoas a irem até a feira. “É um absurdo não ter banheiro público”, afirmou o internauta Edson Pantoja.

 

Outra situação de incomodo aos frequentadores da Feira do Porto é a inexistência de uma agenda cultural ativa nesse espaço onde já passou uma boa parte dos artistas da capital rondoniense. Todo agendamento das atividades culturais e apresentação de artistas é de responsabilidade da Sub Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, turismo e Trabalho (Semdestur). A reportagem tentou entrar em contato com a secretaria, mas não obteve retorno.

 

Com mais de 60 anos de história a Praça Aluízio Ferreira é uma das mais frequentadas em Porto Velho nos finais de semana. Criada em 1953, a praça é uma homenagem do ex-governador Jesus Burlamaqui Hosannah  ao político e militar Aluízio Pinheiro Ferreira (1897-1980), primeiro governador do então Território do Guaporé (1943-1946).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS