close

TRANSPORTE ESCOLAR: Comunidade se revolta com sucatão e decide fechar escola na capital

Nesta segunda-feira (8), dos cinco ônibus que atendem a região da Vila Penha, apenas dois estavam funcionando

RONDONIAOVIVO

8 de Julho de 2019 às 16:52

TRANSPORTE ESCOLAR: Comunidade se revolta com sucatão e decide fechar escola na capital

FOTO: (Rondoniaovivo)

A comunidade da Vila Penha, região localizada na zona Rural de Porto Velho se revoltou mais uma vez com as “sucatas” disponibilizadas à comunidade para o transporte de alunos e servidores da Educação para o serviço de transporte escolar.

 

Instalada na Vila da Penha, a Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio Ana Júlia, é uma dessas unidades afetadas, onde o secretário de Educação da capital, Márcio Féliz, havia informado que 80% dos alunos já estavam em sala de aula, informação desmentida pelo pai de um aluno.

 

Cansados de ficarem expostos ao risco de ônibus velhos e sucateados, os pais de alunos prometeram que não haverá aula na escola caso o problema não seja resolvido para todos. Nesta segunda-feira (8), dos cinco ônibus que atendem a região, apenas dois estavam funcionando.

 

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) afirmou, em reunião com Ministério Público de Rondônia, que o problema será resolvido neste mês. Um contrato ordinário para uma nova empresa prestar o serviço já está em fase final, porém o prejuízo causado a esses estudantes é grande e o ano letivo de 2019 terminará em 2020.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS