close

EM RONDÔNIA: Fecomércio defende suspensão do aumento da tarifa de energia

Raniery Coelho disse ainda que toda empresa tem sensibilidade em relação aos seus custos  e que um aumento pesado na energia impacta em toda a cadeia de produção

ASSESSORIA FECOMÉRCIO

5 de Julho de 2019 às 17:25

EM RONDÔNIA: Fecomércio defende suspensão do aumento da tarifa de energia

FOTO: (Assessoria Fecomércio)

Durante a Audiência Pública contra o valor da Tarifa de Energia Elétrica no Estado Rondônia que aconteceu na manhã desta sexta-feira (05) no plenário da Assembleia Legislativa,  o Presidente da Fecomércio/RO e Vice-Presidente da CNC, Raniery Araujo Coelho, destacou que o empresário já carrega um vasto peso de tributos de impostos e não pode assumir cada vez mais, o impacto proveniente do aumento da tarifa. “A Fecomércio está presente nesta audiência representando o empresário através dos seus 12 sindicatos filiados e toda população de Rondônia. Vivemos um momento muito difícil, com a diminuição da atividade econômica, bem como um elevado peso da carga tributária. Uma grande elevação de um fator importante como a energia impacta em todos os setores e o consumidor é quem arca com o ônus mais pesado, ou seja, a população, em especial os assalariados, terão que pagar mais caro, com estes aumentos”.

 

Raniery Coelho disse ainda que toda empresa tem sensibilidade em relação aos seus custos  e que um aumento pesado na energia impacta em toda a cadeia de produção, dai, que tem que ser visto de uma maneira diferente, atento ao impacto que vai causar. “Como é que Rondônia, um estado que tem sofrido com a diminuição de seus investimentos, onde as vendas tem sido menor que o esperado, pode concordar com aumentos não só de energia muito acima da inflação? Quando as pessoas não possuem forma de pagar qualquer novo imposto e se encontram, na sua maioria, endividadas?! O empresário sabe disto e tem feito o maior esforço para vender mais barato, mas, como conter os custos com a energia tendo um aumento destes?”.  A verdade é que se precisa pensar em melhorar a atividade econômica, portanto, o empresário precisa ser visto com bons olhos. Eu sempre digo que ‘o Brasil tem jeito, porque o Brasil tem Norte’ e somos nós que estamos fazendo a diferença no país, somos nós que estamos crescendo com a agricultura familiar e com o agronegócio, somos nós que alimentamos o mundo. Então temos que ter sim uma visão diferenciada disso tudo e não permitir um aumento tão forte do custo de energia”, pontuou.

 

 

 

 

O presidente da Fecomércio finalizou agradecendo a todas as entidades que participaram desde o começo do movimento contra o aumento da Tarifa de energia no Estado. “Quero agradecer a Facer, CDL, Sebrae, Fiero e Conselho Estadual de Defesa do Consumidor que estão juntos nesta luta. Fica aqui o nosso manifesto para que essa audiência possa obter o resultado desejado que é a suspensão desse aumento”.

 

A audiência foi convocada pela Deputada Federal Mariana Carvalho, autora do Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 1107/18, que susta a resolução homologatória n.2.496 de 13 de dezembro de 2018 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e que homologa o resultado do reajuste tarifário anual de 2018 das Centrais Elétricas de Rondônia – Ceron. O evento contou com a participação de diversas autoridades entre elas, o relator do PDC na Câmara dos Deputados, Deputado Federal do Rio Grande do Norte, Rafael Motta, membro da Comissão de Minas e Energia, além do Superintendente de Gestão Tarifária da Aneel, Davi Antunes, o diretor presidente da Ceron/Energisa, André Theobald, os deputados Estaduais, Alex Silva e Eyder Brasil, membro da Comissão de Defesa do Consumidor da ALE/RO, o Deputado Federal, Léo Moares, o presidente da Câmara Municipal, Edwilson Negreiros, o vereador Maurício Carvalho, a Procuradora do Ministério Público Federal, Gisele Bleggi, o presidente da Fiero, Marcelo Thomé, o Conselheiro Estadual de Defesa do Consumidor, Gabriel Tomasette, o Coordenador do Procon/RO, Estevão Ferreira e demais autoridades .

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS