close

EXECUÇÃO: Justiça apura morte de agente federal; mandante estava preso em RO

De acordo com a Polícia Federal, o esquema de segurança foi reforçado no local para garantir a segurança dos magistrados que participam da audiência

MASSA NEWS

22 de Maio de 2019 às 16:38

EXECUÇÃO: Justiça apura morte de agente federal; mandante estava preso em RO

FOTO: (Divulgação)

O Grupo de Pronta Intervenção da Polícia Federal reforçou a segurança do Fórum da Justiça Federal de Cascavel (PR) nesta semana. O local está recebendo, nesta quarta-feira (22), uma nova audiência sobre o caso da agente federal Melissa Almeida, morta há dois anos em uma emboscada.

 

De acordo com a Polícia Federal, o esquema de segurança foi reforçado no local para garantir a segurança dos magistrados que participam da audiência.

 

O crime

 

Melissa trabalhava como psicóloga na Penitenciária Federal de Catanduva e foi surpreendida por dois homens armados enquanto chegava em casa, com o marido - que é policial civil - e o filho de um ano de idade. O crime aconteceu na noite de 25 de maio de 2017. Houve troca de tiros e um dos suspeitos morreu no local; o outro conseguiu fugir.

 

A agente foi executada com um tiro na cabeça. O homem foi socorrido e levado ao hospital em estado grave. A criança não se feriu.

 

De acordo com as investigações, o crime teve participação de oito pessoas e o mandante seria um homem que estava preso em uma penitenciária de Rondônia, no Norte do país. O motivo do crime, segundo a Polícia Federal, seria vingança e tentativa de intimidação às forças de segurança pública.

 

Outra execução

 

A Polícia Federal acredita que o mandante do crime contra Melissa Almeida seja o mesmo responsável pela morte de um agente morto em uma emboscada, em 2016, também em Cascavel. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público Federal.

 

Audiências

 

Pelo menos 35 pessoas já foram ouvidas pela Justiça no caso. Em 2018, cinco presidiários de várias unidades federais prestaram depoimento por videoconferência.

 

 As audiências desta quarta-feira também acontecem virtualmente, mas a Justiça não divulgou quantas pessoas serão ouvidas.

 

Atualização

A Polícia Federal havia informado que a audiência de hoje tinha relação com a execução da agente Melissa, porém a informação foi retificada no começo da tarde. Os trabalhos de hoje tem relação com a execução do agente Alex Belarmino.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS