close
logorovivo2

PROTESTO: Servidores são impedidos de entrar na Eletrobras e confusão é registrada

Os moradores dizem que a empresa contaminou os poços utilizados por eles

RONDONIAOVIVO

15 de Maio de 2019 às 11:09

PROTESTO:  Servidores são impedidos de entrar na Eletrobras e confusão é registrada

FOTO: (Divulgação)

O protesto realizado nesta última terça-feira (15) por moradores do bairro Nacional bloqueou o acesso da sede da Eletrobras, em Porto Velho, e acabou gerando cenas de atrito entre servidores e manifestantes.

 

A comunidade fechou a entrada da estatal e cobrou uma ação para resolver o problema que vem atingindo aproximadamente 15 famílias. Elas acusam a empresa de ter contaminado o solo da região e, consequentemente, a água dos poços utilizada pela comunidade.

 

De acordo com os moradores afetados pelo problema, a Eletrobras se responsabilizou pelo situação e promoveu a estrutura para o serviço de água encanada na localidade. No entanto,  há mais de duas semanas a água não chega às torneiras, fato que indignou esses populares.

 

Em meio à manifestação, uma servidora da Eletrobras tentou furar o bloqueio, porém acabou barrada e um principio de tumulto se formou. Em meio ao bate-boca a mulher chegou a exigir a sua entrada porque precisava “secar o cabelo”, alegação que gerou maior revolta por parte dos manifestantes.

 

Durante todo o dia ninguém entrou no local. A Energisa se manifestou através de Nota e afirmou que esse problema não é relacionado à empresa, mas acabou sendo prejudicada pela manifestação em decorrência do Centro de Operações funcionar justamente no espaço pertencente a Eletrobras, onde ocorreu o protesto.

 

O repórter William Ferreira Homem do Tempo esteve no local e conversou com os manifestantes.

 

Veja o vídeo:

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS