close
logorovivo2

REPERCUSSÃO MUNDIAL: Assassinato de jornalista rondoniense é apresentado em relatório da OEA

O professor Vinicius Miguel auxiliou nas informações sobre o crime junto ao organismo internacional

DA REDAÇÃO

26 de Março de 2019 às 09:31

REPERCUSSÃO MUNDIAL: Assassinato de jornalista rondoniense é apresentado em relatório da OEA

FOTO: (Divulgação)

O brutal assassinato do jornalista Ueliton Brizon(foto), ocorrido no dia 18 de março de 2018, na cidade de Cacoal, interior do estado de Rondônia, tomou repercussão mundial e foi parar no Relatório da OEA sobre Liberdade de Expressão.

 

Esse relatório visa mostrar os crimes sofridos por jornalistas em todo o planeta, a fim de medir a liberdade de noticiar e coletar fatos desses profissionais tão importantes no mundo livre. O caso de Ueliton foi encaminhado pelo professor da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, Vinicius Miguel, que fez todo o levantamento de informações.

 

"Importante anotar que ataques à liberdade de expressão e à liberdade de imprensa são casos que não podem cair no esquecimento: representam manchas em uma sociedade democrática e precisam ser apurados", afirmou Vinicius.

 

Ueliton foi morto a tiros enquanto pilotava sua motocicleta, no momento do ataque ele estava com a esposa na garupa, que por sorte não foi atingida. Ele tinha 35 anos e além de jornalista era suplente de vereador e presidente do PHS em Cacoal.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS