close
logorovivo2

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO: Dirigentes de unidades do Sebrae da Região Norte discutem estratégias

Nova realidade financeira do sistema foi tema abordado

ASSESSORIA SEBRAE

16 de Janeiro de 2019 às 16:25

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO: Dirigentes de unidades do Sebrae da Região Norte discutem estratégias

FOTO: (Assessoria)

Os dirigentes das Unidades do Sebrae da Região Amazônica estiveram reunidos em Cuiabá na ultima semana (10 e 11),  buscando integração, alinhamento e convergência de esforços, especialmente num momento em que novos dirigentes assumem as unidades do Sebrae nos estados, com objetivo de reafirmarem compromissos e garantir a continuidade do Plano Estratégico da Abase Norte e continuidade com o Programa Sustentabilidade dos Pequenos Negócios da Amazônia. Abase é a Associação Brasileira dos Sebrae/Estaduais e tem o firme propósito de ressaltar o papel imprescindível do Sebrae no desenvolvimento econômico do país.

 

Estiveram presentes representando o Sebrae em Rondônia, o Diretor Técnico da instituição Samuel Silva de Almeida, que é o vice-presidente da Abase Norte e o Diretor Administrativo-Financeiro de Rondônia, Carlos Berti Niemeyer. Durante a reunião foi feita a apresentação do Programa de Sustentabilidade dos Pequenos Negócios, que prevê uma atuação voltada para o Desenvolvimento Sustentável em seus três pilares: iniciativas ambientalmente corretas, economicamente viáveis e socialmente justas, propondo não apenas modelos de negócios inovadores mas boas práticas que levem a uma mudança de cultura, em busca do Desenvolvimento Econômico mais adequado.

 

Para Carlos Berti Niemeyer, que também exerce uma função de Presidente do Conselho Fiscal da Abase Nacional, o encontro foi muito oportuno: “Como estamos iniciando novas gestões, este alinhamento é fundamental para construirmos ações conjuntas concretas, especialmente tendo como fundamento o Desenvolvimento Sustentável dos Pequenos Negócios”, frisou.

 

Outra importante pauta foi a adequação de todo o sistema para uma nova realidade econômica que se avizinha. O mantra entoado foi produzir mais com menos. Os líderes presentes chegaram a discutiram novos modelos de captação de recursos, tendo como “drive” estratégico o Programa de Sustentabilidade nos Pequenos Negócios, prospectando inclusive oportunidades no exterior.

 

Integrar esforços e fortalecer a atuação conjunta dos Sebraes da Amazônia Legal na realização de programas  sustentáveis para os Pequenos Negócios, incluindo aí o Start, focado em Inovação e que iremos dar um foco bem especial daqui para frente são alguns dos desafios a superarmos neste momento. Isto só será possível com todos bem alinhados e a Abase Norte irá liderar este processo dentro do sistema”, destacou Samuel Silva de Almeida.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS