close
logorovivo2

PREVENÇÃO: Defesa Civil acompanha situação das comunidades do Baixo Madeira

O objetivo é orientar moradores como agir caso o rio ultrapasse a marca de alerta

ASSESSORIA

7 de Janeiro de 2019 às 11:55

PREVENÇÃO: Defesa Civil acompanha situação das comunidades do Baixo Madeira

FOTO: (Assessoria)

A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil do Município esteve, durante o final de semana, realizando monitoramento em comunidades do Baixo Madeira, com o objetivo de orientar moradores de como agir caso o rio ultrapasse a marca de alerta, de 14 metros e 50 centímetros, quando algumas casas poderão ser invadidas pelas águas. Atualmente o nível do rio está em 13,76 metros, o que é normal para a época do ano, e não representa ameaça aos ribeirinhos.

 

Marcelo Santos, coordenador da Defesa Civil, que esteve a frente da missão, explica que esse é o momento de orientar as comunidades que residem às margens do rio Madeira. Segundo ele, a Prefeitura está pronta para agir em caso de necessidade.

 

As comunidades da região urbana da cidade já receberam visitas das equipes da Defesa Civil. Neste último final de semana, foi a vez dos moradores de Mutuns, Pau D´arco, Bom Jardim e Lago São Miguel.

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS